Mário Ielo e Caco Colenci já trabalham juntos; anuncio oficial será nesta terça-feira

Fotos: Acontece Botucatu

ielo-caco

Após semanas do acerto entre Mário Ielo e Caco Colenci, conforme antecipou o Acontece Botucatu, PDT e PV já trabalham juntos viando as eleições de 02 de outubro. O anuncio oficial, que era para ter acontecido no início desse mês, será feito na manhã desta terça-feira, 12, em uma entrevista coletiva no Sindicato dos Metalúrgicos de Botucatu.

Será apenas uma formalidade, pois tanto Ielo como Colenci já trabalham juntos. A dupla, aliás, foi a última a se confirmar no cenário político de Botucatu, que já conta com Mário Pardini (PSDB) e André Peres (PC do B), Reinaldinho (PR) e Lelo Pagani (Rede), Gustavo Bilo e Raul Albornoz (PSOL) e Erick Facioli com Cátia Fonseca (PT).

ielo-caco-12“Já estamos há algumas semanas conversando. Nas conversas entre os partidos foi tudo tranquilo e desde o início eu deixava claro que estaria aberto ao diálogo. Agora estamos nos acertando para a preparação das chapas antes das convenções”, disse ao Acontece Botucatu Mário Ielo, que além de pré-candidato a prefeito, preside a comissão provisória do PDT em Botucatu.

A composição entre PDT e PV será apenas no campo majoritário, ou seja, com os pré-candidatos a prefeito e vice. Os dois partidos estiverem reunidos na tarde desta segunda-feira, 11, no escritório da família Colenci.

“Estamos discutindo agora a data da convenção, que tem que ser feita entre 20 e 30 deste mês de julho. Enquanto essa data não é definida, estamos decidindo algumas questões dessa pré-campanha”, colocou ao Acontece Botucatu Caco Colenci.

ielo-caco-2Em um passado recente, ambos já deram declarações de que tal união seria algo difícil de se concretizar. Meses depois firmaram uma parceria que parecia surreal no mundo político de Botucatu.

“O que mudou para mim foi a vontade do partido de estar junto com o PDT. Eu acato o que o partido decidir. Acho que essa junção é importante para a cidade, pois temos muito o que oferecer”, colocou Caco Colenci.

Já o ex-prefeito colocou que a vontade do PDT foi de convergência com o PV nos últimos meses por entender que poderia existir similaridade de pensamento. “Nós do PDT deixamos claro que agradava essa conversa. Estamos apenas concretizando uma convergência de pensamentos que tivemos durante essas conversas”, se posicionou Ielo.

 PV teve que apagar incêndio

ielo-caco-11Não é segredo que de início existia um racha dentro do Partido Verde quanto a composição com o PDT de Mário Ielo. Uma parte dos candidatos a vereador do PV se inclinava para o lado do pré-candidato do PSDB Mário Pardini, embora interlocutores afirmassem que o cenário de racha não passava de uma tática para tirar a figura de preterido em Caco Colenci com relação ao candidato tucano.

“Tudo aqui foi feito de forma democrática. A maioria entendeu que esse era o melhor caminho. Ficamos honrados com o convite do PDT e sempre deixamos claro que o PV deveria ter um papel de protagonista nessa eleição”, disse Rodrigo Biasotti, presidente do PV.