Justiça Eleitoral define estratégia para eleições 2014

O juiz eleitoral, José Antônio Tedeschi e o chefe da 26ª Zona Eleitoral, Igor Ignácio, estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira, dia 18 de setembro, com representantes da Polícia Militar, Civil e Guarda Municipal dos municípios de Botucatu, Itatinga e Pardinho, para discutir os detalhes do planejamento que deverão garantir a segurança das Eleições 2014.

Entre os assuntos propostos foram a escolta das urnas eletrônicas durante sua distribuição pelas seções eleitorais e o policiamento ostensivo ininterrupto nos locais de votação nos dias 04 e 05 de outubro.

Os policiais militares e os membros da guarda municipal ficarão encarregados da guarda das urnas eletrônicas, até que sejam entregues pelos responsáveis dos prédios ou por funcionário designado pelo Cartório Eleitoral aos Presidentes das Mesas Receptoras. A Polícia também deverá acompanhar o transporte das mídias de resultados até o Cartório Eleitoral para a apuração.

Para garantir e preservar a ordem e a segurança dos locais de votação, em cada prédio deverá ser designado, pelo menos, 02 (dois) policiais. Ou, caso não haja efetivo suficiente, que seja apresentado um plano de policiamento que preserve a segurança dos locais de votação.

No dia da eleição, 1º e 2º turno, também deverá ser mantido policiamento ostensivo ininterrupto no local de apuração, ou seja, no Cartório Eleitoral. O plano de policiamento para as eleições 2014 deverá ser protocolado no Cartório Eleitoral até o dia 28 de setembro.