Junot ingressa no PSD e aventa candidatura para 2016

Fotos: Valéria Cuter

 

O advogado Junot de Lara Carvalho deixou o PR e ingressou no PSD, tendo a ficha abonada pelo ex vice-governador  de São Paulo entre 2011 e 2014,  Guilherme Afif Domingues;  o ex-prefeito de São Paulo e ministro das Cidades Gilberto  Kassab;  deputado federal Herculano Passos; e a deputada  estadual Rita Passos.

Junot  Carvalho é cotado para ser candidato à sucessão de João Cury Neto para o quadriênio 2017 a 2020.  Ele foi vereador entre 1989/92 onde exerceu o cargo de Presidente Constituinte (outubro de 1989 a abril de 1990), quando foi elaborada a primeira Lei Orgânica do município de Botucatu.

Em entrevista à imprensa durante o programa  “Encontro Marcado”, apresentado pelo jornalista Marcio Paes de Almeida e que irá ao ar às 19h30 de sexta-feira pela TV Alpha,  Junot Carvalho realçou que foi convidado para fazer a reestruturação do partido na cidade e região, projetando a sigla para eleições futuras e não condiciona seu nome a disputa da prefeitura no ano que vem.

Revela que entendeu ser o momento de sair do PR,  onde foi fundador e presidente e aceitar o convite para ingressar no PSD, mas enfatiza ser cedo para cogitar candidaturas, já que  vai buscar reestruturar partido na cidade, buscando consenso com os filiados. Porém,  acredita que o PSD vai buscar uma estrutura política para ser a terceira frente a disputar a eleição de 2016. As duas outras são formadas pelo grupo do atual prefeito João Cury e a outra do ex-prefeito Mário Ielo.

“Temos filiados fazendo parte do atual governo municipal e isso será discutido internamente.  Não estou me lançando candidato, mas fico satisfeito em saber que meu nome está sempre entre os primeiros em consultas populares que são feitas, atrás daqueles que já estão no poder a 20 anos. Se houver entendimento  futuro e meu nome tiver apoio, essa hipótese (candidatura) não pode ser  descartada,  pois  ninguém é candidato de si mesmo. Porém, o objetivo premente é reestruturar  o partido”,  colocou Carvalho.