Josey, Carreira e Reinaldinho buscam indicação à presidência da Câmara

No dia 1º de janeiro de 2013 acontece a posse oficial do prefeito e vereadores eleitos em 2012 deste ano, em solenidade marcada para acontecer no Teatro Municipal “Camilo Fernandez Dinucci”e que deverá receber um grande número de pessoas. Logo em seguida, os 11 vereadores eleitos vão eleger por intermédio do voto, o parlamentar que irá presidir o legislativo no primeiro biênio (2013/2104) da 16ª Legislatura, assim como os demais membros da Mesa Diretora e das comissões internas.

Com oito vereadores o bloco de situação não deverá encontrar dificuldades em eleger o presidente. A oposição com apenas três vereadores eleitos pelo PT tem chances remotas de buscar o mais alto cargo do Legislativo. Mesmo assim deverá lançar um dos seus três eleitos: Lelo Pagani, Rose Ielo ou Carlos Trigo. Com a eleição, praticamente, ganha, a ala da situação está buscando um nome de consenso e três parlamentares confirmaram suas candidaturas: Josey Carvalho (PR), Reinaldo Moreira – Reinaldinho (PR) e Ednei Carreira (PSB). Dois dos três candidatos já ocuparam o cargo: Carreira e Reinaldinho.

Outros que eram apontados como candidatos não irão participar do pleito. São eles: Izaias Colino (PSDB), Fernando Carmoni (PSDB) e o atual presidente da 15ª Legislatura, André Rogério Barbosa – Curumim (PSDB). Os outros dois vereadores eleitos da situação: João Elias (PDT) e Valmir Reis (PPS), não entraram na disputa.

O prefeito João Cury Neto salientou que não pretende interferir na eleição da Câmara Municipal e deixará que os próprios vereadores eleitos pela situação encontrem um nome de consenso e decidam quem irá disputar o pleito com a oposição. O que não interessa ao Executivo é que os três vereadores da situação disputem o mesmo cargo, colocando a eleição da presidência em risco.