Inacessibilidade em calçadas vira tema de requerimento

Em razão da preocupação com os deficientes e a busca por melhorias para uma fatia considerável para transeuntes em calçadas da cidade, o vereador Carlos Trigo (PT), apresentou dois requerimentos que trazem benfeitorias para eles e para toda população botucatuense de uma maneira geral. Os pedidos foram todos aprovados.

O primeiro requerimento diz respeito às dificuldades enfrentadas por munícipes e principalmente por pessoas com idade avançada, cadeirantes e deficientes visuais que sofrem com a invasão de galhos, trepadeiras, ramadas e outras plantas que extrapolam os quintais residenciais e invadem a área destinada ao passeio público. Muitas vezes, para desviar disso, a pessoa é obrigada a invadir a via e para deficientes visuais a situação é ainda pior caso os mesmos estejam sozinhos.

Seguindo na mesma linha de busca por melhorias nos passeios públicos, o vereador encaminhou à Promotoria de Justiça de Botucatu, um requerimento onde pede providências por parte do Judiciário no combate aos pontos comerciais que utilizam o espaço físico do passeio público para exposição de mercadorias, colocação de mesas e cadeiras, entre outras práticas, prejudicando a passagem de pedestres. O vereador cita também os materiais de construção que são costumeiramente armazenados em calçadas.

Para Carlos Trigo, apenas uma ação judicial pode auxiliar nessa luta. “Esse é um desejo que espero ainda poder realizar”, disse. “Já apresentei inúmeros requerimentos nesse sentido, pedindo ajuda para o Poder Executivo nessa fiscalização, mas sempre sem sucesso, então decidi buscar ajuda na esfera jurídica, pois sei do comprometimento do Dr. Eduardo Zacharias com o desenvolvimento da nossa cidade”, completou o vereador.