Exploração sexual infantil é discutida na Câmara

A Câmara Municipal de Botucatu reuniu instituições para discutir a realização de evento alusivo ao ‘Dia Nacional de Combate ao Abuso e ? Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’, comemorado em 18 de maio, de acordo com Lei Federal (9.970/2000).

O encontro, realizado na sede do Legislativo Municipal, contou com a participação, além da própria Casa de Leis, da Pastoral do Menor da Arquidiocese de Botucatu, Secretaria Municipal de Assistência Social, Conselho Tutelar e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Essas instituições compõem a comissão organizadora do evento.

Da reunião ficou definido que será promovida palestra sobre a temática no mesmo dia em que se comemora o ‘Dia Nacional de Combate ao Abuso e ? Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’ – 18 de maio –, a partir das 19h30, na sede do Poder Legislativo local. Os nomes dos palestrantes serão confirmados no início da semana em que ocorrerá o evento.

O evento foi idealizado pelo vereador Fontão (PSDB) que, por meio de requerimento (nº 296/2011), solicitou ? Presidência da Casa uma Reunião Pública com o objetivo de propor novas estratégias para combater o abuso e a exploração sexual infanto-juvenil em Botucatu.

Para o parlamentar, é fundamental que a sociedade civil coloque em discussão pública temas polêmicos como o da exploração sexual infantil. “Muitas vezes, esse tipo de crime é protegido por uma espécie de ‘código do silêncio’, motivado pela indiferença da sociedade e pela cultura de impunidade dos agressores”, coloca. “Isso, por si só, já constitui uma nova forma de violação ? s vítimas”, enfatiza.