Criação do Fórum das Artes será discutida na Câmara Municipal

A Câmara Municipal realiza na noite desta segunda, 22, sessões ordinária e extraordinária. Entre os assuntos que serão discutidos pelos vereadores, estão a criação da Junta de Recursos Ambientais, Fórum das artes, entre outros assuntos no âmbito da cultura. Confira os projetos em pauta segunda a Casa de Leis.

Sessão Ordinária

1)PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº. 46/2015 – de iniciativa do Prefeito Municipal – que dispõe sobre a criação da JAR – Junta de Recursos Ambientais e dá outras providências. Discussão e votação únicas quórum: maioria absoluta

 2) PROJETO DE LEI Nº. 008/2016 – de iniciativa do Vereador Izaias Colino – que denomina de "Rubens Gonçalves" a Rua "06", localizada no Loteamento Residencial Recanto dos Jatobás, com início na Rua 05. Discussão e votação únicas quórum: 2/3

Sessão extraordinária

1) PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº. 52/2015 – de iniciativa do Prefeito Municipal – que altera e acrescenta dispositivos da Lei Complementar nº 732/2010, que dispõe sobre a qualificação de organizações da sociedade civil da área de Cultura como Organizações Culturais Ativas. Discussão e votação únicas quórum: maioria absoluta Com Mensagem

2) PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº. 53/2015 – de iniciativa do Prefeito Municipal – que dispõe sobre a criação de equipamento público municipal de cultura "Fórum das Artes". Discussão e votação únicas quórum: maioria absoluta

3) PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR Nº. 54/2015 – de iniciativa do Prefeito Municipal – que altera a Lei nº 2.554 de 16 de julho de 1986, que trata do Museu de Arte Contemporânea de Botucatu. Discussão e votação únicas quórum: maioria absoluta

Aedes Aegypti em discussão

Atendendo o contido no Requerimento nº 1090/2015, de autoria do Vereador Lelo Pagani, durante a Sessão Ordinária o Prof. Dr. Carlos Magno Castelo Branco Fortaleza, médico infectologista da Faculdade de Medicina de Botucatu, Campus da Unesp e Presidente da Comissão de Controle de Infecção Relacionada à Assistência em Saúde (CCIRAS) no HCFMB/Unesp, fará uso da palavra para explanar sobre o combate, prevenção e formas de distinguir as doenças transmitidas pela picada do mosquito Aedes Aegypti, como os vírus da Dengue, Chikungunya e Zika, no Brasil, Estado de São Paulo e em nossa cidade e região.

Os trabalhos da Câmara Municipal começam às 20 horas e podem ser acompanhados pela população no plenário. A sessão também é transmitida pelo site www.camarabotucatu.com.br através da plataforma internet explore.

A rádio Municipalista é a opção no rádio pelos 1240 AM.