Comoção marca velório de Eugênio Monteferrante Netto

Fotos: Quico Cuter

O velório do arquiteto e ex-prefeito e vereador Eugênio Monteferrante Netto realizado no Complexo Funerário Orlando Panhozi, recebeu um grande número de pessoas. Ele estava internado no Hospital das Clínicas de Botucatu e faleceu na noite desta segunda-feira (4). Deixa uma extensa folha de serviços prestados ? Cidade.

Na manhã desta terça-feira (4) vereadores, ex-vereadores e funcionários da Câmara Municipal, juntamente com parentes e amigos fizeram uma homenagem a Monteferrante, colocando a bandeira do município em seu caixão. Durante a homenagem foi citado que entre outras coisas Monteferrante é autor do logotipo da Câmara Municipal, desenho da bandeira do município, desenho arquitetônico do Cemitério Portal das Cruzes e do projeto do Jardim Paraíso. Muitas pessoas se manifestaram sobre a perda do arquiteto.

{n}Prefeito João Cury Neto{/n} – “Visionário, Dr. Eugênio, foi o maior urbanista Botucatuense da história. Deixa um legado de caráter e coerência na defesa de princípios de desenvolvimento urbano e social, que serve de exemplo as novas gerações de gestores públicos”.

{n}Radialista Júnior Quinteiro{/n} – “O Dr. Eugênio foi um visionário, uma figura impar na história de Botucatu. Suas qualidades como político e profissional eram inquestionáveis, mas acima de tudo ele era um homem de caráter, de princípios e de uma honestidade assustadora para o meio em que vivia. Faz parte da minha vida profissional, pois fiz com ele a primeira entrevista da minha vida em 1997, com apenas 17 anos, quando ele era vereador, e falava de uma nova ligação aos bairros da região norte. Até hoje ela não saiu do papel… Há 16 anos sua visão estava ? frente!”

{n}Jornalista Erick Facioli{/n} – “O arquiteto, que foi vice-prefeito e vereador, era um homem honrado, honesto e nutria um grande amor pela cidade. Ainda como estudante, foi o autor do cartaz em comemoração ao centenário de Botucatu. Foi defensor intransigente do planejamento como forma de desenvolvimento. Nem sempre foi compreendido, mas sempre foi admirado. Tive o privilégio de conviver alguns anos com Eugênio e me orgulho de ter usufruído de sua amizade”.

{n}Diretora da Câmara Municipal Silmara Barros{/n} – “Ele foi vice-prefeito e também vereador da nossa Casa de Leis. Botucatu perde mais um dos seus filhos queridos. Eu estou triste, pois perdi um amigo que esteve comigo nos momentos mais importantes de minha vida, que foi o nascimento dos meus dois filhos e nunca se esquecia das festas festivas como Dia das Mães. Uma perda irreparável”.

{n}Presidente da Câmara Municipal Ednei Carreira{/n} – “O Eugênio foi um dos melhores vereadores com quem legislei. Sempre se mantinha atento aos os problemas da cidade e foi um grande cidadão botucatuense. Perdemos um dos políticos mais íntegros da história política de nossa Cidade. Me orgulho de ter sido seu companheiro de Câmara e compartilhar de sua preocupação com o desenvolvimento de Botucatu”.

{n}Jornalista Quico Cuter{/n} – “O Eugênio Monteferrante sempre foi um exemplo de honradez e determinação que defendia suas convicções com unhas e dentes e em muitas ocasiões foi, injustamente, execrado por pessoas desprovidas de ética e moral. A pessoa poderia até não gostar do Eugênio, mas ninguém podia duvidar de sua capacidade técnica, integridade e honestidade. Não tinha medo de ser verdadeiro e estava sempre ? frente de sua época. Um visionário que olhava o presente planejando o futuro sempre cobrando a elaboração de um plano diretor. Tive o privilégio de ser seu amigo e com ele realizei várias entrevistas, sempre positivas”.

{n}Empresário Adolpho Dinucci Venditto{/n} – “Acompanhei o trabalho de Monteferrante como vice-prefeito e como vereador, mas sua preocupação com o crescimento planejado da Cidade veio muito antes da política. Sua preocupação sempre foi buscar a elaboração do crescimento planejado da Cidade no presente, mas sempre com os olhos voltado para o futuro. Por isso, ? s vezes ele era mal compreendido. Nossa Cidade deve muito a ele”.

{n}Ex-vereador e sindicalista Hélio Maschetti{/n} – “Fui companheiro de plenário desse cidadão botucatuense que sempre foi verdadeiro exemplo de lisura, competência e honestidade. Era tão honesto e tão compenetrado nas coisas que fazia que ? s vezes parecia ingênuo. Sempre esteve ? frente de sua época e suas proposituras apresentadas na Câmara eram exemplo disso. Era, antes de tudo, um detalhista. Décadas atrás se ele tivesse oportunidade de colocar em prática sua visão futurista, essa Cidade hoje seria muito diferente”.

{n}Ex-diretora da Câmara Municipal Ana Maria Tancler Stipp {/n} – “Perdemos um grande e querido amigo, além de um cidadão exemplar, idealista e que, acima e antes de tudo, amava Botucatu e para ela se dedicou, muitas vezes de forma contestativa, combativa, mas sempre carinhoso. Como disse Ademir Toani, um visionário e como mencionou Armando Moraes Delmanto ele foi mais prefeito do que muitos que passaram pelo Executivo. Não posso deixar de lembrar o especial homem que era, um cavalheiro, extremamente gentil e educado como poucas pessoas que conheci durante minha permanência na Câmara Municipal. Foi um vereador sempre interessado e estudioso dos assuntos da pauta legislativa. Como amigo, companheiro e exemplo de cidadão e botucatuense, isso nós Silmara Ferrari de Barros e colegas da Câmara Municipal de Botucatu, não encontraremos em nossas vidas com muita facilidade. Muito menos, nos esqueceremos de suas piadas inteligentes e espirituosas, além dos lanchinhos e merendinhas que sempre nos levava”.

{n}Advogado Armando Moraes Delmanto{/n} – “Eugênio Monteferrante Netto –
Prefeito “ad eternum de Botucatu!!!” pode parecer estranho a colocação de “Prefeito “ad eternum”. Explico. Mesmo sem ter sido, ele foi e o será para sempre, cravado no relevo e nas conquistas do município de Botucatu. Por seu mérito, sua competência e seu indiscutível amor ? “Pátria Menor” que é Botucatu!”