Cartório Eleitoral de Botucatu é o primeiro do Estado a receber registros de candidatos

 

TREOs candidatos a Prefeito e Vice de Itatinga da Coligação DEM, PSB, PMDB, PRB e PTB, João Bosco e Antônio Carlos de Almeida (Coré), protocolaram no 21 de julho, o registro das suas candidaturas, assim como as coligações de vereadores formadas pelos blocos DEM/PMDB e PRB/PTB, além do partido PSB que saiu isolado registraram os seus vereadores. Esse foi o primeiro registro feito no Estado de São Paulo.

Foi um total de 50 registros, sendo 48 de vereadores, um de prefeito e um de vice. No Estado de São Paulo foram apenas 6 registros de prefeito/vice efetuados até o momento e 172 vereadores. No Brasil este número não é muito maior, contando com 19 registros de prefeito/vice e 512 vereadores.

 

Primeiras impugnações são de Itatinga

Em decorrência dos registros dos candidatos, surgiram também as primeiras impugnações, sendo uma contra o candidato a Vice-Prefeito de Itatinga, Antônio Carlos de Almeida (Coré). Segundo informações obtidas pelo Acontece Botucatu, o  impugnante foi o Ministério Público Eleitoral, tendo como fundamento uma decisão de órgão colegiado (TJ/SP) que confirmou a condenação por suspensão dos direitos políticos por ato de improbidade administrativa.

Também são duas impugnações contra candidatos a vereador, tendo como impugnantes o Diretório Municipal do PSDB de Itatinga, representado pelo Ailton Faria (Pré-Candidato a Prefeito) e o outro o Ministério Público Eleitoral. Em todos os casos cabe recurso.