Câmara volta a debater projeto de venda de imóvel

Na sessão ordinária da Câmara Municipal,  que será realizada nesta terça-feira em razão do feriado prolongado, os vereadores estarão votando pela 2º vez, o Projeto de Lei nº 79/2015, de autoria do prefeito João Cury Neto que propõe a venda de um imóvel de propriedade do Município de Botucatu, localizado na Praça Carlos Gomes (Rua João Passos), onde funciona a Guarda Mirim, próximo da Escola Municipal Rafael de Moura Campos.

Esse projeto foi colocado em apreciação na sessão de semana passada, mas não alcançou os votos necessários (2/3) para sua aprovação, ou seja, 8 votos favoráveis. Dos 11 vereadores quatro que votaram contra:  Rose Ielo e Carlos Trigo, ambos do PT; Reinaldo Mendonça Moreira – Reinaldinho (PR) e Lelo Pagani (REDE).  

O dinheiro arrecadado com a venda seria investido na construção de um complexo esportivo na região da Vila Maria, no antigo Estádio Petrarca Bacchi, para construção de uma praça esportiva. Com a rejeição o projeto, por força do Regimento, volta para esta segunda votação, mas, dificilmente, haverá mudanças.

Outro projeto a ser votado é o que leva o número 88/2015, de iniciativa do prefeito municipal,  que dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar de R$ 43 mil na Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, visando um ajuste orçamentário para dar continuidade aos cursos oferecidos pela Universidade do Trabalhador (UNIT) para o segundo semestre do presente exercício.

Também  são de iniciativa do Executivo o Projeto de Lei nº 89/2015 que dispõe sobre abertura de crédito adicional suplementar de R$ 99.600,00 na Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Turismo e o Projeto de Lei nº 90/2015 sobre abertura de crédito adicional suplementar de R$ 50 mil na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, para dar continuidade aos serviços realizados por referida Secretaria, dentre os quais a adequação da brigada de incêndio no Terminal Rodoviário.

Vale lembrar que atendendo o contido no Requerimento nº 742/2015, de autoria do vereador Lelo Pagani, durante a Sessão Ordinária membro da Diretoria da Associação Fraternal Pelicano – AFRAPE, fará uso da palavra para falar sobre os projetos desenvolvidos pela referida associação, em especial o que ganhou destaque no Projeto "Criança Esperança".