Câmara quer rever tarifa de ônibus a estudantes

Por intermédio de uma propositura apresentada pelo vereador Lelo Pagani (PT) está sendo estudado a possibilidade de revisão da regra existente para passagem de ônibus com 50% de desconto, com o objetivo de que mais crianças e adolescentes possam usufruir dos programas educacionais, culturais e esportivos oferecidos pelo município.

Pagani realça que o cartão de estudante é destinado aos alunos devidamente matriculados que passam a pagar 50% do valor da tarifa do transporte coletivo para dirigir-se a aula. Isso significa que, exclusivamente, durante o horário escolar, os alunos são considerados estudantes e têm o direito de pagar metade do valor da passagem, desde que apresentem uma declaração escolar comprovando.

Enfatiza no documento que, atualmente, as escolas públicas e particulares, como também as Secretarias Municipais, como Educação, Esporte e Cultura, em parcerias com entidades do governo municipal, do estado e federal, estão oferecendo aos alunos atividades complementares e necessárias ? formação que também fazem parte do currículo educacional.

“Se para a empresa de transporte público o aluno deverá pagar meia passagem somente para ir e vir da escola no período de aula normal, o que fazer então com a participação dos alunos nas demais atividades oferecidas e direcionadas ? s crianças e adolescentes estudantes? Por isso estou anexando junto ao requerimento um abaixo-assinado para que seja revista esta questão”, justifica o petista.