Câmara homenageia memória de Josey Carvalho

A sessão da Câmara Municipal de segunda-feira, dia 2, foi marcada por muita emoção com homenagens pela memória do vereador Josey de Lara Carvalho (PR), falecido no dia 25 de novembro. Parlamentares concordaram em não apresentar proposituras como requerimentos, moções ou indicações dedicando o tempo regimental da sessão para relembrar os feitos e a figura do vereador Josey.

A sessão começou normalmente com a leitura das correspondências recebidas e os projetos que deram entrada na Casa de Leis. Logo após, o presidente do Poder Legislativo, vereador Ednei Carreira, deu início aos discursos relembrando o bom humor e a ética profissional de Josey. “Era um excelente profissional, sempre solícito, um companheiro, um grande amigo. Sempre agiu com muito profissionalismo e ética e, com certeza, deixou um grande exemplo de vida a seus amigos e familiares. Vamos continuar com sua imagem de homem brilhante em nossos corações”, declarou.

Vereador Reinaldo Mendonça Moreira (Reinaldinho) também fez questão de fazer uso da palavra, apesar do momento difícil. “Não sabia se iria conseguir falar, mas não poderia deixar de me pronunciar. Passei a admirar o Josey pela humildade com que ele conduzia seus trabalhos. Ele me chamava amigavelmente de “chefão”. Poderia passar a noite toda discorrendo sobre seus adjetivos. Todos passaremos por isso. Para nós e para a família fica a dor, a saudade, mas acredito que ele partiu em paz, pois cumpriu seu dever. Ele voltou aos braços do Pai”, enfatizou.

Lelo Pagani fez questão de lembrar o amor de Josey por Botucatu. “Esta sessão está sendo muito difícil. Josey era um companheiro para todas as horas. Para ele não tinha essa história de diferenças partidárias. Lembro-me dele nesta tribuna, em momentos de discussão, em que ele falava “Gente, vamos pensar em Botucatu?”. Ele era alto astral, um verdadeiro amigo. Uma pessoa que realmente amava Botucatu e sempre comprometido com o bem de nosso município. Partiu cedo, mas deixou um importante legado. Dizem que quem é lembrado em pensamento, não morre, pois Josey será sempre lembrado por todos nós”, destacou o vereador do PT.

André Rogério Barbosa – Curumim também deu seu depoimento enfatizando que entende a dor que a família está sentindo. “Perdi um irmão, prematuramente, por conta de um acidente automobilístico. Sei a dor que a família está passando com a perda de um ente querido. A gente nem sempre entende os desígnios de Deus, mas aprendemos com o tempo. Como meus companheiros já falaram poderíamos passar a noite falando do companheiro, amigo e irmão que me chamava carinhosamente de “primão”. Seu legado não se restringe ? Câmara Municipal. Ele ajudava a todos. Sua matéria nos deixou, mas seu legado e sua memória permanecerão conosco sempre”, declarou emocionado.

Rose Ielo também se emocionou e pediu forças a amigos e familiares. “Como mãe é com pesar que falo hoje. Sei que a senhora Paula (esposa de Josey) terá uma árdua caminhada daqui para frente para criar seus filhos. A família necessitará de apoio e tenho certeza de que Deus os irá amparar. Era sabido que Josey era um excelente marido e pai e a saudade sempre existirá. Deus irá confortar os corações de seus familiares”, enfatizou.

O vereador Fernando Carmoni também fez questão de relembrar como Josey era querido em Botucatu. “A cidade chorou a morte de nosso amigo Josey. Era um excelente pai e esposo. Apaixonado por sua família e também por política. Não se deixava seduzir pelo poder e sempre manteve seus valores morais e éticos. Um homem de bem. Não era a toda que possuía centenas de amigos. Deixa saudades em todos nós”, declarou.

Por fim, João Elias finalizou a etapa de discursos, relembrando o homem ético. “Como meu primeiro mandato, no começo, não tinha muito contato com Josey, mas conforme as situações foram ocorrendo, passei a conhecer o homem ético e íntegro que era o vereador Josey. Não importam as divergências, ele sempre mantinha seus valores e isso era admirável”, concluiu.

Logo após a palavra dos vereadores, foi exibida uma apresentação audiovisual com momentos marcantes de Josey de Lara Carvalho na Câmara Municipal e em clima de muita emoção que tomou conta de vereadores, servidores do Legislativo e público presente, a família recebeu os pertences pessoais que o vereador deixou na Casa de Leis.

A sessão foi ainda suspensa por dez minutos para que todos os presentes pudessem se recompor da emoção e que vereadores pudessem mostrar mais uma vez suas condolências aos familiares do vereador Josey. A esposa de Josey, Paula Cristina Carvalho e os filhos Gustavo, Otávio e Flávio, além da mãe do vereador, Dona Luiza Lara estiveram presentes na sessão.

O Presidente Carreira afirmou que o Poder Legislativo não poderia deixar de realizar uma homenagem a altura de Josey. “Não poderíamos nunca deixar de fazer a nossa homenagem a um vereador que sempre foi nosso amigo e um grande edil. É um momento triste, sem dúvida, mas tínhamos o dever de exaltar a memória de uma pessoa íntegra e que sempre lutou pelo desenvolvimento de Botucatu e que estará sempre em nossos corações”, concluiu o presidente.