Câmara debate repasse de verbas com o Sesi e Senai

O presidente da Câmara Municipal de Botucatu, vereador André Rogério Barbosa – Curumim (PSDB) recebeu na tarde desta quarta-feira, 07, na sede do Poder Legislativo, a visita do diretor do Senai de Botucatu, José Maria Milani e do diretor do Sesi de Botucatu, Otávio Augusto Ferraz Ferreira, para uma reunião que debateu questões relacionadas ao “Sistema S”.

Na pauta do encontro, um problema que tem assombrado os representantes do Sistema S, compreendido por Sesi, Senai, Senac, entre outros, que é a proposta que hoje tramita no Congresso Nacional e que visa alterar a forma de distribuição dos valores arrecadados na guia do INSS para o citado serviço. Tal medida reduziria em 30% o referido repasse às unidades, o que afetará de forma direta na prestação dos serviços. Os diretores entregaram um pedido de apoio à causa.

Para o presidente da Câmara, é inaceitável que o Sistema S sofra com o corte de repasse. “Não é uma quantia simples, estamos falando de 30% dos repasses que deixarão de beneficiar milhares de brasileiros para que o Governo Federal aumente sua arrecadação aparentemente, sem pensar nas consequências drásticas que virão com esse corte, prejudicando diretamente centenas de botucatuenses que se utilizam dos importantes serviços prestados pelas unidades de Botucatu”, comentou Curumim.

O legislador tem sido procurado também por presidentes de Câmaras Municipais de outras cidades da região e deverá encaminhar uma Moção de Apoio ao Sistema S. “Nossa cidade é beneficiada com a qualidade dos serviços prestados por Sesi, Senai e Senac e não podemos aceitar sem lutar que essas unidades sejam prejudicadas, com risco inclusive de encerramento das atividades de alguma delas”, justifica Curumim.