Câmara cobra rapidez pra obras da sede da Polícia Técnica

O vereador André Rogério Barbosa – Curumim (PSDB) elaborou um requerimento onde pede agilidade na construção de um novo prédio para a Polícia Técnica-Científica no município. A propositura foi apresentada durante a última sessão ordinária da Câmara Municipal de Botucatu e aprovado pela unanimidade dos demais legisladores.

O pedido apresentado pelo vereador é pela construção do prédio que abrigará o Instituto Médico Legal (IML) e o Instituto de Criminalística (IC). As duas instituições são desejos e necessidades antigas do município. De acordo com o documento, desde 2012 o terreno que abrigara as sedes já foi doado pela Prefeitura Municipal, conforme os termos exigidos em Decreto Estadual. Ainda pelo requerimento, a resposta dada pelo Estado foi de que Botucatu já consta no Plano Plurianual de 2012 a 2015 para a construção do referido prédio.

Tendo a confirmação de que está no plano da Superintendência da Polícia Técnica-Científica, o vereador cobra agilidade e um posicionamento quanto ao início das obras, destacando a importância do serviço. “São relevantes serviços, sobretudo no tocante à obtenção de provas técnicas imprescindíveis à orientação das investigações policiais e instrução de processos judiciais do nosso município e região”, justificou Curumim.

Quando cita a região, o legislador deixa claro que o benefício não será direcionado apenas para Botucatu. “São órgãos periciais que atenderão uma demanda de aproximadamente 280 mil pessoas em cidades como Anhembi, Areiópolis, Bofete, Conchas, Itatinga, Laranjal Paulista, Pardinho, Pereiras, Porangaba, São Manuel e Torre de Pedra. A quantidade de cidades beneficiadas atesta para a urgência do pedido”, finalizou o vereador.