Câmara aprova reajuste de R$ 100,00 no vale-compras

Na noite de segunda-feira (28) foi aprovado por unanimidade o projeto de lei 048/2012, de iniciativa do prefeito municipal João Cury Neto que reajusta de R$ 330,00 para R$ 430,00 o valor do vale-compra alimentos e do auxílio saúde, benefícios que contemplam o funcionalismo público municipal. A proposta já havia sido aprovada pelos servidores durante Assembléia Geral Extraordinária realizada no último dia 22 na sede do SISPUMB (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Botucatu).

Como o reajuste do vale-compra alimentos será retroativo ao mês de maio, data-base da categoria, no mês de junho os servidores receberão vale-compra alimentos no valor de R$ 530,00 (R$ 430,00 referentes ao mês de junho e R$ 100,00 da diferença do mês de maio). O mesmo se aplica aos aposentados e pensionistas que optam por receber o auxílio saúde.

A proposta representa um aumento da ordem de 30,3% no valor do vale-compra. Somado ao reajuste de R$ 30,00 que já havia sido promovido em 2011, apenas na atual administração o valor do benefício cresceu 43,3%. Muito acima da inflação dos últimos quatro anos que somou 24,46% (fonte INPC). Como a Mesa Diretora decidiu não reajustar o valor do vale destinado aos funcionários do Legislativo, depois de dois anos o valor do benefício volta a ser o mesmo para trabalhadores da Prefeitura e da Câmara.

“A reforma administrativa que implementamos no início do ano trouxe melhorias, inclusive salariais, para grande parte dos servidores, sobretudo aqueles com remuneração acima de dois mil reais. Agora entendemos que é chegado o momento de termos um olhar especial e contemplar aqueles que recebem os menores salários. Por isso nossa opção pelo reajuste do vale-compra onde não incide nenhum tipo de desconto. Além disso, essa era uma reivindicação do próprio funcionalismo”, justificou o prefeito.