Caldeira do Hospital das Clínicas é questionada

Requerimento de autoria do vereador Izaias Colino (PSDB), está solicitando junto governo do Estado, especificamente, ao secretário estadual da Saúde, Giovanni Guido Cerri, informações sobre qual é o prazo para que nova caldeira de incineração de lixo hospitalar, construída em 2009, inicie o seu funcionamento no Hospital das Clínicas (HC) de Rubião Júnior.

Parlamentar enfatiza que, atualmente, todo o lixo hospitalar do município de Botucatu e do HC é incinerado em um forno cuja construção é datada de 1950. Há, segundo o vereador, instrumentos e caldeiras mais modernos para que se dê a incineração do lixo hospitalar sendo que no Campus da Unesp de Botucatu existe uma caldeira moderna, cuja construção teve seu fim em meados de 2009; mas não está em funcionamento.

“Com a autarquização do HC, a referida caldeira ficou sob a responsabilidade do Estado de São Paulo, por isso peço informações sobre o prazo para funcionamento dessa nova caldeira e assim modernizar o processo de incineração naquela unidade hospitalar”, coloca o vereador. “É um assunto de relevância que merece nossa atenção”, completa.