Caco Colenci deixa PSDB na próxima segunda (28); PV ou DEM são as opções

Após 8 anos, o secretário de Governo Caco Colenci deixa o PSDB de Botucatu. A formalização ainda não ocorreu, mas deve ser assinada na próxima semana. “Fui até o Cartório na quinta feira, mas já estava fechado. Volto no início da semana para pedir minha desfiliação”, disse Caco Colenci.

Embora muitos já coloquem como certa a entrada de André no Peres como vice na pré-candidatura de Mário Pardini (PSDB) ao executivo, Caco Colenci ainda mantém esperanças de ser indicado. A saída do PSDB teria sido uma orientação de Pardini segundo Caco. “Não haverá chapa pura do PSDB, então o Pardini nos orientou a sair do partido. Quem quiser ser vice teria que sair e ingressar em outro. É o que vou fazer”, colocou.

Em dezembro de 2015, Caco Colenci foi um dos nomes do PSDB no processo que levou Mário Pardini ao posto de pré-candidato. No fim dessa discussão, abriu mão da indicação e organizou um blocão de 16 partidos para apoiar o superintendente da Sabesp. Nos bastidores as informações eram que a manobra teria sido feita como negociação para ser escolhido como vice.

Como figura de protagonismo no governo João Cury, Caco almejava a indicação há alguns anos, o que gerou certo desgaste com a cúpula tucana a partir do segundo semestre de 2015. Se não for indicado como vice de Pardini, Caco afirma que não tem plano B, mas não descarta nada. “Eu não sei o que vou fazer. Ainda estou trabalhando para ser o vice na chapa encabeçada pelo PSDB. Se não for escolhido, daí vamos conversar bastante com meu novo partido. Tem muita coisa para acontecer ainda”, deixou a dúvida no ar Caco Colenci.

Em 2015 Caco Colenci causou desconforto na base governista ao parafrasear para o radialista Júnior Quinteiro o lendário vereador Progresso Garcia, de que na ‘’política só não viu boi voar’’. A declaração foi uma resposta quando perguntado se haveria possibilidade de diálogo entre ele e o ex-prefeito Mário Ielo. A polêmica entrevista causou atritos com algumas figuras que trabalham intensamente nos bastidores.

André Peres e Caco Colenci disputam a vaga para compor a chapa majoritária ao lado de Pardini / Foto: André Godinho

 

O que dizem PV e DEM ?

Para o presidente do PV em Botucatu, Rodrigo Biasotti, o partido está em tratativas para receber Caco Colenci. “Com a certeza não haverá chapa pura na candidatura do Mário Pardini. O Caco se desfilará na segunda (28) do PSDB e poderá se filiar ao PV ou ao DEM. Estamos negociando e discutindo o melhor para ele”, disse.

O empresário José Orleans, presidente do DEM em Botucatu, adota o mesmo discurso, ficando claro o alinhamento entre as duas siglas. “Não tem nada decidido. Eu apostaria no partido que faço parte, porém, precisamos escolher qual o melhor para o grupo. Não tenho vaidade de querer que venha só porque faço parte do DEM”, explicou.

O prazo para que Caco Colenci defina sua situação partidária se encerra no dia 02 de abril.  Apenas uma chapa tem decidida sua composição até aqui, Reinaldinho (PR) e Lelo Pagani (Rede). Caso nenhuma intercorrência política ocorra nos próximos meses, ambos os vereadores vão selar a aliança nas convenções. 

Mário Pardini (PSDB), Mário Ielo (PDT), Junot de Lara Carvalho (PSD) e PSOL ainda não definiram composições. O PT, que historicamente lança candidato em Botucatu, ainda não definiu o que fazer.