Após boatos, Mário Ielo e Junot não confirmam conversas

Após a selada união de Reinaldinho (PR) e Lelo Pagani (Rede), os boatos sobre um possível acordo entre Mário Ielo (PDT) e Junot de Lara Carvalho (PSD) ganharam força nos bastidores. Ambos são pré-candidatos por seus partidos, e até então negaram que mantiveram conversas mais aprofundadas.

Procurado pela reportagem do Acontece Botucatu, Mário Ielo, disse que o partido ainda não avançou nas conversas com relação ao nome que irá compor como vice. Ele afirmou que nada está definido, sendo que a preocupação do partido é outra nesse momento. “Nós do PDT vamos tomar essa decisão do vice depois, ainda temos uns três meses aproximadamente”, colocou Ielo.

Em outras ocasiões, Ielo disse que o partido estava focado na composição da chapa de vereadores. Aliás, essa é a maior dificuldade de qualquer chapa que seja montada, uma vez que as mudanças de partido são constantes. Hoje os partidos que dão sustentação ao governo detêm a grande parte de nomes considerados interessantes.

Questionado pela reportagem do Acontece Botucatu, Junot de Lara Carvalho não confirmou nenhuma conversa com o ex-prefeito, mas também não fechou as portas para um possível acordo. “Não duvide que isso ocorra. Bom, brincadeiras à parte, não existe nenhuma conversa nesse sentido, no momento não, mas ela pode ocorrer, tudo é possível. Lançamos nossa pré-candidatura e estamos montando uma boa chapa de vereadores”, disse Junot.