Agora é oficial: Mário Ielo e Caco Colenci selam união para eleição em outubro

IELO E CACOComo o Acontece Botucatu já havia antecipado, Mário Ielo e Caco Colenci selaram, enfim, a união entre PDT e PV. A novela já se arrastava há algumas semanas, mas era dada como certa por todos.

O anúncio seria esta semana, mas por conta de uma viagem de Caco Colenci com a família, a foto oficial ficou para a volta. No último fim de semana os dois partidos se reuniram e finalizaram os trabalhos de convergência.

“Sim, é oficial de nossa parte. O Caco ainda precisa voltar de viagem, mas os dois partidos se decidiram por essa junção de forças, inclusive já estamos trabalhando juntos nessa pré-campanha”, disse Mário Ielo ao Acontece Botucatu na tarde desta quinta-feira, dia 30.

O acerto entre ambos já ocorreu há algumas semanas, mas ainda havia a necessidade de os partidos discutirem internamente o assunto, ouvindo os pré-candidatos a vereador. Importante destacar que a coligação será no campo majoritário, ou seja, apenas para prefeito e vice e não para chapa de vereadores.

Rodrigo Biasotti: Juntamos o melhor dos dois últimos governos em uma mesma chapa
Rodrigo Biasotti: Juntamos o melhor dos dois últimos governos em uma mesma chapa

“Foi aceito pela maioria dos pré-candidatos a vereador do PV, mais precisamente 12, entre os 15 que temos. Ficamos muito felizes com o convite do PDT e eu sabia que seria difícil negar um convite como vice, ou seja, de protagonista. Ficamos felizes também em indicar o Caco, que é unanimidade no PV. O Caco fez um grande trabalho durante 7 anos e meio no governo João Cury e somará muito para o debate. Digo que juntamos o melhor do antigo governo (Mário Ielo) com o melhor do atual governo (Caco) para formarmos um time de craques”, disse ao Acontece Botucatu Rodrigo Biasotti, presidente do PV.

Ainda há a expectativa que mais partidos próximos à Caco Colenci se juntem, caso do DEM, presidido em Botucatu pelo empresário José Orleans. Do lado de Mário Ielo, é certo que o PMB (Partido da Mulher Brasileira) se juntará ao grupo. A vereadora Rose Ielo é madrinha da nova sigla.

Rumores apontam que há um princípio de motim na base aliada que sustenta a pré-candidatura de Mário Pardini no PSDB. Mais duas ou três siglas poderiam desembarcar nas próximas semanas, pois existe descontentamento com alguns pontos, entre eles o excesso de candidatos a vereador no lado comandado pelo prefeito João Cury. Se de fato deixarem o ninho, estariam inclinados ao apoio na chapa Ielo/Caco.