Violência doméstica termina em acidente de transito

Um caso registrado no Plantão Permanente como violência doméstica seguida de um acidente de trânsito foi registrada pelos policiais militares cabos Fabiana e Trovão e soldados Marchesine e Batista, que se iniciou na Rua das Violetas, na Vila Sônia e terminou na Rua Reverendo Francisco Lotufo, na Vila Nogueira com o acidente. Caso foi registrado no Plantão Permanente pelo delegado Geraldo Franco Pires (foto).

PMs foram acionados via Comando Operacional da Polícia Militar para atender uma desinteligência onde uma mulher estava sendo agredida. Ela conta que após ter deixado seu filho de 4 anos em uma escola foi abordada pelo ex-marido (V.A.M.),  que chegou em uma motocicleta e ao vê-la em companhia de um amigo teria lhe desferido dois socos no rosto.

Depois de agredir a mulher o ex-marido foi tirar satisfações com o outro homem, mas este entrou em seu carro (Fox) e saiu do local. Porém foi perseguido e ambos acabaram se envolvendo em um acidente, sendo que o condutor da motocicleta acabou se ferindo sem gravidade. Recebeu voz de prisão e passou por uma avaliação do Pronto Socorro (PS) Municipal.

A mulher com hematomas no rosto em razão das agressões, durante a condução ao Plantão Permanente informou que esta não foi a primeira vez que sofre agressões do ex-marido que não se conforma com a separação e tem contra ele uma medida protetiva expedida pela justiça. O delegado plantonista ratificou a voz de prisão dada anteriormente pelos policiais militares e arbitrou uma fiança no valor de R$ 5.000,00, Como a fiança foi paga ele foi libertado.

 

Foto: Valéria Cuter