Usuário busca apoio da PM para se livrar do vício do crack

Um cidadão de 23 anos de idade, cujo nome será mantido em sigilo, procurou o comandante da 1ª Companhia de Polícia Militar de Botucatu, capitão José Semensati na sexta-feira da semana passada. Esse rapaz tinha um objetivo: buscar apoio da PM para se livrar da dependência química, que o acompanha há vários anos.

“Ele nos procurou dias, pois estava desesperado para conseguir um tratamento para se livrar do vício do crack. Fizemos contato com os pais e irmão do solicitante, que de pronto se colocaram ? disposição, reconhecendo que o rapaz necessitava de ajuda por ser dependente de drogas há anos, ensejando assim prévio contato com o Desafio Jovem”, comentou Semensati.

Na manhã desta quarta-feira o rapaz compareceu na Base Leste da PM, no Jardim Brasil e foi informado pelo sargento Adriano, que a internação já havia sido providenciada. “Nós o acompanhamos até a sede Desafio Jovem, na Vila Aparecida, com seu pai e irmão, onde o diretor da entidade Rivaldo Laperuta, formalizou a internação voluntária do rapaz, com aval da família”, disse Adriano. “Foi uma situação diferente e posso dizer que a sensação de ajudar alguém na situação em que esse jovem estava é muito gratificante”, completou o sargento.

“Realmente procurei a polícia na semana passada pedindo ajuda, pois somente internado posso lutar contra esse vício”, disse o rapaz. O pai, que se prontificou em ser voluntário do Desafio Jovem, alegou que em razão da dependência química do filho, a família vem sofrendo sérios transtornos.

“Somente quem passa por isso sabe os problemas que uma família enfrenta por causa da dependência. Por isso, só tenho a agradecer o apoio que tive da PM e do Desafio Jovem. Agora vou rezar e torcer muito para que meu filho se recupere e volte a ser a pessoa que era, antes de entrar nesse mundo das drogas”, frisou o pai.