Trabalhador braçal morre soterrado em uma canaleta

Na tarde desta segunda-feira, por volta das 14h40, um soterramento tirou a vida do jovem Flávio Luiz de Jesus, de 24 anos de idade. O caso aconteceu na empresa Bio Dog – Lopesco, no Bairro Santo Antônio de Sorocaba, após a descida da serra de Botucatu pela Rodovia Marechal Rondon. A vítima trabalhava para a empresa Construtora Almeida que havia terceirizado o serviço da Bio Dog – Lopesco.

Esse jovem estava executando escavação em uma canaleta feita para passar um tubo plástico de PVC, a uma altura de 1,70. Por motivos que estão sendo apurados, a terra retirada do buraco cedeu e soterrou o trabalhador. No momento do acidente vários trabalhadores estavam nas proximidades e tentaram retirar a terra que ficou compactada, com um peso muito grande, mas não conseguiram.

A equipe de resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada e chegou ao local ? s 15 horas e somente ? s 16 horas os policiais conseguiram liberar o corpo da terra. Além de ter sido soterrado, Flávio de Jesus, na queda, ainda teve um ferro de construção atravessado no tórax atingindo o coração. Se por ventura tivesse sobrevivido ao soterramento, certamente, morreria em razão do ferimento no peito.

“Foi um trabalho muito difícil e minucioso. A terra estava compactada e a vítima ficou com uma das pernas dobradas, dificultando a retirado do corpo. Só depois que o corpo foi retirado é que percebemos que o ferro de construção havia entrado em seu tórax”, revelou o sargento Ferrari, da equipe do Corpo de Bombeiros que trabalhou ao lado de outros quatro policiais do resgate: os soldados Honório, Carreira, Campinas e Martins.

O gerente da Bio Dog, Orandir Barbosa, salientou que a empresa vai emitir um comunicado geral sobre o fato assim que tudo estiver esclarecido. “Foi uma fatalidade. Ele estava trabalhando para uma empresa que nós terceirizamos. Não vamos nos posicionar sobre o caso agora. Nas próximas horas estaremos encaminhando a vocês (da imprensa) um comunicado oficial sobre o assunto”, frisou Barbosa.

{n}{red}Nota ? Imprensa{/red}

A empresa Lopesco Indústria de Subprodutos Animais Ltda, informa que hoje, 20/09/2010, aconteceu acidente em sua fábrica em Botucatu (SP) envolvendo um funcionário da Empreiteira Construtora Almeida, contratada para realizar obra de construção civil da restauração do sistema de esgoto. A Lopesco lamenta o ocorrido, que levou ao falecimento do referido profissional, e informa que prestou pronto atendimento, chamou socorro especializado e reitera que está ? disposição das autoridades e dos familiares para auxiliar no que for necessário.

A escolha da Construtora Almeida se deu com base em sua experiência em obras desse tipo. Mais informações e esclarecimentos poderão ser fornecidos pela própria construtora.

A Lopesco se solidariza com os familiares do funcionário.

A diretoria

Lopesco{/n}

Fotos: Valéria Cuter