TOR prende motorista com documento falso

Durante fiscalização na SP 280, Rodovia Marechal Rondon, altura do Km 208, a equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) visualizou um caminhão transportando um automóvel de luxo GM/Camaro), sendo que a traseira do veículo estava nas partes externas do caminhão.

Ao efetuarem a abordagem, os policiais militares rodoviários perceberam que o condutor apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com indícios de falsificação, sendo que após consulta dos dados, confirmou-se a suspeita, já que o condutor tinha sua CNH suspensa, o exame médico estava vencido desde 2012, além da categoria estar diversa, pois não poderia conduzir caminhão.

O condutor alegou que renovou e trocou a categoria da CNH no Estado de Santa Catarina (SC), porém não passou por nenhum exame, apenas entregou cópias de seus documentos para uma terceira pessoa que, após alguns dias, lhe entregou a CNH “renovada”.

A Equipe do TOR constatou que o abordado deveria estar cumprindo a suspensão do direito de dirigir até 04/10/2014, pois havia sido surpreendido embriagado em outra oportunidade, então como sua CNH havia sido recolhida administrativamente, adquiriu um documento falso, inclusive alterando a categoria que lhe interessava. Os policiais militares rodoviários constataram ainda que aquele veículo de luxo tinha algumas adulterações nas numerações dos vidros, que divergiam com as do chassi original.

O condutor W. S. P. de 30 anos, foi preso em flagrante por uso de documento falso, conduzido ? Delegacia de Itatinga e posteriormente encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira Cesar. O automóvel de luxo foi apreendido para passar por perícia.