TOR flagra tráfico internacional de armas e drogas

Um trabalho desenvolvido pela equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) de Botucatu resultou na apreensão de 400 balas intactas calibre 7,62 e duas pistolas 9 milímetros com uma adolescente e 19 quilos de maconha divididas em 20 “tijolos” prensados, nesta quarta-feira (18), com uma mulher, que foram autuadas em flagrante. Ambas recolhidas ? Cadeia Pública de Itatinga.

Os patrulheiros abordaram um ônibus que vinha do Paraguai, pela Foz de Iguaçu, e fazia o itinerário Londrina a São Paulo no km 201, da SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, município de Itatinga. Durante conversa com os passageiros, a equipe observou que a passageira Kelen Cristina Pinto, de 34 anos, acomodada na poltrona nº 21, estava nervosa com a presença dos policiais, sendo que afirmava ter ido passear na residência de uma amiga no Paraná, porém reside em Vitória/ES.

Foi constatado que essa passageira possuía uma bolsa no bagageiro externo e que, no seu interior, envoltos por roupas e cobertores, havia 20 (vinte) tabletes de maconha envolvidos em fitas adesivas vermelhas e com talco para disfarçar o cheiro, pesando, após contagem e pesagem preliminar, 19,04 kg.

Ainda continuando a fiscalização, a equipe notou que a passageira da poltrona nº 01, a adolescente T.S.T. de 17 anos, que lia uma bíblia insistentemente, mesmo ao conversar com os policiais do TOR, dizia que havia perdido a mercadoria que teria ido buscar no Paraguai no “Barracão” da Receita Federal e estava de retorno ao Rio de Janeiro apenas com a bagagem de mão.

A equipe percebeu que esta menor fazia questão de que os policiais observassem sua “atenção” e “empenho” em ler o Livro Sagrado, mas sua maneira de falar e um pearcing que possuía na língua, levou os militares a desconfiar de que não se tratava de uma evangélica tão fervorosa, então foi verificado que realmente não possuía bagagem no bagageiro do ônibus.

Ao solicitar que a menor se levantasse e abrisse uma blusa que usava, foi notado um volume grande na sua cintura, onde foram localizadas duas armas de fogo do tipo pistola, calibre 9 mm, uma de fabricação Argentina e outra de fabricação Italiana. Já entre o abdome e os seios, envoltas por uma cinta de lycra cirúrgica tipo corpete, 400 munições calibre 7,62, munições para fuzil, divididas em 20 invólucros com 20 munições cada.

Ainda no ônibus, na poltrona 27, foi apreendido com A.M.P. de 19 anos, 28 relógios de diversas marcas e modelos oriundos do Paraguai. A polícia revelou que ele estaria ligado ? adolescente e fazia a escola das armas.