TOR faz apreensão de maconha e cocaína no pedágio

Na madrugada deste sábado, a equipe do TOR – Tático Ostensivo Rodoviário, equipe especializada da Polícia Militar Rodoviária de Botucatu, realizou um flagrante de tráfico de entorpecentes no pedágio instalado na Rodovia Marechal Rondon, entre as cidades de São Manuel e Botucatu.

Os policiais interceptaram um ônibus fretado de São Paulo que tinha como destino a Penitenciária de Bauru, com mulheres de presidiários que iriam fazer a visita programada deste sábado. Ao realizar a revista nas bagagens das mulheres, os policiais encontraram em quatro malas, um total de 618 gramas de maconha e 151 gramas de cocaína, que seriam entregues para os presos que cumprem pena naquela penitenciária.

Nesta operação foram presas em flagrante: Márcia Dias, Andrea Oliveira, Graziela da Silva e Darlinda dos Reis. Todas foram encaminhadas ao Plantão Permanente de Botucatu onde prestaram depoimento ao delegado José Sérgio Palmieri, que determinou o recolhimento das quatro envolvidas ? Cadeia Pública de Itatinga, onde permanecem ? disposição da Justiça. O flagrante teve início na madrugada e só terminou por volta das 9 horas desse sábado. Elas responderão por crime de tráfico de entorpecentes, que prevê uma pena que varia de cinco a 15 anos de reclusão.

Por razões obvias a Polícia Rodoviária não forneceu informações sobre a operação e como os policiais tinham conhecimento de que naquele ônibus, mulheres de presos condenados estavam transportando drogas para a penitenciária. A operação desencadeada no pedágio, foi comandada pelo tenente Ricardo Maganha (foto) e realizada pelos patrulheiros especiais do TOR, sargento Hamilton e soldados Cristiano e Lima.

Vale lembrar que este não é um caso isolado de mulheres tentando levar drogas ou outros objetos proibidos, como telefone celular, para o interior das cadeias e penitenciárias. Isso acontece com relativa freqüência e as mulheres procuram ocultar drogas e objetos no corpo, principalmente na vagina, para tentar ludibriar a revista que é feita antes da entrada para as visitas.

Foto: Valéria Cuter