TOR faz a apreensão de mais de 600 quilos de maconha

Uma operação desencadeada para Polícia Militar Rodoviária de Botucatu, através do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), no início da noite desta sexta-feira (9), terminou com a apreensão de 607,700 quilos de maconha prensada, dividida em 665 tabletes.

Os patrulheiros sargento Hamilton e os soldados Cristiano e Lima estavam trabalhando no km 208, da SP 280 – Rodovia Presidente Castello Branco, nas imediações do pedágio de Itatinga, quando interceptaram um veículo Pálio Flex 1.8, placas HSI-8540, de Campo Grande, MS, sendo conduzido por Rogério Almeida de Siqueira, de 35 anos de idade.

Os policiais suspeitaram do veículo e da placa do mesmo, já que grande parte da droga distribuída em São Paulo vem do Mato Grosso e passa pelas rodovias da região, principalmente a Presidente Castelo Branco e Marechal Rondon. Ao ser abordado, Siqueira não esboçou nenhuma reação, nem teve como negar que trazia droga oculta no carro.

O veículo foi encaminhado ? base de Polícia Militar Rodoviária e passou por uma revista completa e a droga estava espalhada por todos os cantos do carro, como piso, portas, bancos, porta malas, etc. Ao levantar a procedência do veículo os policiais constataram que ele era produto de um roubo cometido na Cidade de Cascavel, PR.

Outro dado é que a droga é oriunda do Paraguai, atravessou a fronteira brasileira e chegou ? Cidade de Guaíra, MS, sendo entregue para Rogério Siqueira que iria transportar a droga para Barueri, Grande São Paulo. Receberia a quantia de R$ 20 mil pelo transporte, mas não revelou quem o contratou.

“Na abordagem quando vi os policiais se aproximando, deduzi que tudo estava perdido e já falei que o carro estava carregado (de maconha). Recebi voz de prisão e agora vou ter que pagar por isso, não tem jeito. Tenho 4 filhos e meu pensamento nessa hora foi neles. Aceitei fazer o transporte porque precisava do dinheiro para quitar uma dívida”, colocou Siqueira que não trazia a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). “Pra que a Carteira? O que ela iria resolver num caso desses? Assumi o risco, mas não consegui passar. Fazer o quê, não é mesmo?”, emendou.

O carro, assim como os 607,700 quilos de maconha dividida em 665 tabletes foram encaminhadas ao Plantão Permanente onde delegado Sérgio Castanheira fez a confecção do Boletim de Ocorrência (BO). Rogério Siqueira foi recolhido ? Cadeia Pública local e poderá pegar uma pena que varia de 5 a 15 anos de reclusão. A droga foi guardada em um local seguro para ser, posteriormente, incinerada por determinação judicial.

{n}Fotos: Valéria Cuter