TOR apreende mais de 8 kg de droga com boliviano

Durante fiscalização a um ônibus que seguia do Mato Grosso do Sul (MS) para São Paulo os policiais do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) apreenderam 7,242 kg de crack e 1,236 kg de cocaína pura que estava na bagagem de um boliviano, oculto numa mangueira d’água. A operação aconteceu no km 208 da SP 208 Rodovia Presidente Castello Branco, município de Itatinga,

Ao entrevistar os passageiros do coletivo, os policiais rodoviários desconfiaram das alegações do boliviano Rene Orelana Camacho, de 19 anos, e o questionaram quanto aos seus pertences no bagageiro no coletivo, sendo que ele afirmou possuir apenas uma mala com roupas.

Ao conferirem o bagageiro, os policiais localizaram duas bagagens de propriedade do “turista” boliviano abordado, sendo que numa das malas havia uma mangueira d’água (esguicho) nova e com peso pouco acima do normal, além da estranheza daquele material numa viagem que seria “turística”.

Ao tatear a mangueira, os policiais verificaram que, aparentemente, estava normal, porém quando a viraram e começaram a verificar os elos que estavam mais abaixo, perceberam que havia algo no interior da mangueira e localizaram a droga, parte envolta em plástico transparente em forma de cápsulas e a maior parte acondicionada diretamente no interior da mangueira.

Sem ter como dar maiores explicações Rene Camacho morador de Cochabamba, confessou que estava levando toda a droga até São Paulo. Recebeu voz de prisão em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado até a Delegacia da Polícia Federal de Bauru, onde foi ouvido e encaminhado ao presídio de Itaí.

Outro dado interessante descoberto pela equipe do TOR foi que esse boliviano ainda portava um documento pessoal de outro homem e confessou que utilizou tal documento para viajar, já que não havia conseguido um visto de saída do seu país com seu próprio documento pessoal.