Rondon registra dois acidentes com veículos de carga

Fotos: Valéria Cuter

Na manhã desta sexta-feira, o patrulheiro rodoviário Amorim atendeu um acidente ocorrido na altura do km 251, da SP-300 Rodovia Marechal Rondon, Município de Botucatu, envolvendo um caminhão Ford, placas BFW-7624, de Botucatu e um caminhão rodotrem, placas EFO-8505 (cavalo) e EFO-8644 (rodo trem de 30 metros de comprimento), da Cidade de Marília.

Consta que o caminhão Ford, retornava do Jardim Monte Mor, onde havia sido feito limpeza em um terreno que havia pegado fogo. O mato seco e outros materiais foram colocados na carroceria do caminhão. Durante o trajeto os resíduos que ainda continham brasa acabaram gerando um incêndio que foi aumentando, gradativamente, conforme o caminhão trafegava. Quando o condutor percebeu a fumaça, parou o veículo.

Atrás vinha o rodotrem, que ao tentar se desviar bateu contra a parte traseira do caminhão Ford, da frota da Prefeitura de Botucatu e ambos foram parar no acostamento. O fogo foi controlado com a chegada da equipe do Corpo de Bombeiros e os entulhos retirados para evitar que a carroceria fosse queimada.

“Quando os entulhos foram colocados no caminhão, não percebemos que havia ficado faíscas de fogo no mato seco e quando o caminhão foi colocado em movimento, as fagulhas geraram o incêndio. A fumaça que se formou impediu a visibilidade do motorista do rodotrem que vinha atrás e a colisão acabou acontecendo”, disse o condutor do Ford, Fabrício de Oliveira Fleury de Almeida, 26.

Já o condutor do rodotrem, Alindo Fernando, de 27 anos de idade, estava desolado com o estrago feito no seu veículo de carga. Segundo ele, o prejuízo foi de mais de R$ 20 mil. “Quando vi o caminhão parado na pista soltando muita fumaça, tentei desviar, mas não consegui evitar a colisão. Danificou parte da cabine e estourou o sistema hidráulico do engate e desengate, além de ter furado o tanque de óleo diesel. Meu prejuízo foi considerável e vamos ver como ficará esta situação”, disse Alindo que estava indo para Itapetininga.

Também estiveram no local prestando assistência aos dois motoristas, funcionários da Concessionária Rodovias Tietê que, por quase duas horas, tiveram que controlar o fluxo de veículos para evitar que novos acidentes acontecesse naquele trecho da pista.

{n}{tam:25px}Caminhão tomba em curva da Serra{/tam}{/n}

{bimg:24441:alt=interna1:bimg}

Outro acidente atendido pela Polícia Militar Rodoviária na SP-300 Rodovia Marechal Rondon foi na Serra de Botucatu, onde um caminhão, placas BWP-6928, de Jaboticabal, carregado com raspas de asfalto, tombou na pista. Os resíduos ficaram espalhados pela pista e foi necessária a intervenção da Concessionária Rodovias do Tietê para organizar e controlar o fluxo de veículos.

Consta que o condutor desse caminhão, perdeu o controle da direção em uma curva, na descida da serra e seu veículo de carga acabou tombando. O caminhoneiro ficou preso nas ferragens e foi retirado pela equipe de regate do Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Pronto Socorro (PS) da Unesp, onde foi medicado, permanecendo internado, mas não corre risco de morte.