Rodoviária lança a Operação Tiradentes na região

A Polícia Militar Rodoviária de Botucatu iniciou às 14 horas desta sexta-feira (17) uma operação especial para reforçar a segurança nas rodovias estaduais que circundam a região, em especial a SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco e  SP-300 Rodovia Marechal Rondon. A operação também será desenvolvida em outras regiões do estado.

A fiscalização da velocidade dos carros nas rodovias será feita por meio de  radares inteligentes fixos – instalados em diferentes pontos. Também haverá radares móveis inteligentes, instalados em viaturas, para dar mais mobilidade à fiscalização nas estradas.  A Polícia Rodoviária contará com bafômetros para a realização de testes de embriaguez da Operação Direção Segura, que também serão usados em ocorrências de acidentes. 

A ação, que se prolonga  até a meia-noite de terça-feira (21), tem como objetivo evitar acidentes e garantir a fluidez do trânsito. A operação contará também com a participação da Secretaria de Logística e Transportes, da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), empresa Desenvolvimento Rodoviário S/A (Dersa) e das concessionárias de rodovias. 

A PM alerta que o motorista que for flagrado dirigindo embriagado será multado em R$ 1.915,40 e poderá ter o veículo apreendido e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) retida por 12 meses. O condutor poderá ainda que responder criminalmente a uma pena de seis meses a três anos de prisão.

Também é recomendado que o motorista deve providenciar a checagem do automóvel mesmo para pequenas viagens com faróis conferidos e ser visto; pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador checados e não esquecer de verificar a presença dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu, estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de pára-brisa e luzes do veículo.

Também como sugestão é orientado que o condutor programe paradas, pois quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém com os olhos abertos, mas sem percepção da realidade à volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

É importante observar a sinalização que indica os limites de velocidade e as condições de ultrapassagem, respeitando as placas indicativas espalhadas ao longo das rodovias. O objetivo da operação é minimizar o índice de acidentes e contribuir para que o motorista tenha uma viagem tranqüila e segura, preservando sua segurança e a segurança dos seus familiares.