Rodoviária deflagra a “Operação Corpus Christi”

No período compreendido entre às 12 horas desta quarta-feira (3) e término previsto para as 12 horas de segunda-feira (8), a Polícia Militar Rodoviária coloca em prática mais uma “Operação Corpus Christi”, em todo Estado de São Paulo.

Durante esses dias de feriado prolongado, a polícia colocará em operação todo seu contingente operacional e administrativo em diferentes pontos das estradas. No caso da região de Botucatu a fiscalização mais acentuada será nas rodovias SP-300, Marechal Rondon; SP-280, Presidente Castello Branco; SP-255, João Melão e SP-191, Geraldo Pereira de Barros.

Segundo o comandante do patrulhamento rodoviário de Botucatu, tenente Ricardo Maganha, a exemplo de outras operações especiais, os patrulheiros serão colocados em pontos estratégicos das rodovias com o objetivo de coibir infrações, dispensando atenção especial ao excesso de velocidade, consumo de bebidas alcoólicas e drogas como maconha e cocaína, e nos atendimentos de acidentes de trânsito, submetendo os condutores aos exames, testes e perícias previstas na legislação em vigor.

“O motorista flagrado dirigindo sob a influência de álcool será penalizado com multa, retenção do veículo e suspensão do direito de dirigir por doze meses, além de responder criminalmente pela sua conduta, dependendo das circunstâncias, com pena de detenção de seis meses a três anos”, alerta Maganha, observando que a operação também prevê apreensão de armas ilícitas e prisão de procurados pela Justiça.

Outra preocupação da Polícia Rodoviária será com os motoristas que estiverem dirigindo em velocidade acima do permitido. “Os patrulheiros estarão espalhados em pontos estratégicos das rodovias munidos com radares eletrônicos”, alerta Maganha, lembrando que o motorista deve planejar sua viagem definindo o roteiro, anotar telefones de emergência, a localização das bases da Polícia Rodoviária e dos pontos de apoios localizados nas rodovias.

“Sugerimos que o motorista faça uma revisão geral do veículo, com atenção especial aos freios, sistema elétrico, equipamentos obrigatórios e a documentação de porte obrigatório”, enumera o comandante rodoviário, lembrando que “bebida alcoólica e drogas não combinam com direção segura e não é indicado iniciar a viagem logo após uma refeição completa”.

 

Recomendações úteis

• planejamento adequado da viagem, com a definição do itinerário, anotação de telefones de emergência, localização das bases da Polícia e de pontos de apoio para eventuais paradas;
• revisão das condições gerais do veículo antes de iniciar a viagem, com atenção especial aos equipamentos obrigatórios, sistema de iluminação e sinalização do veículo, combustível e documentação de porte obrigatório;
• respeito à proibição da ingestão de bebidas alcoólicas ou de outras substâncias que alterem a capacidade de direção do veículo;
• rigorosa observância das normas e da sinalização de trânsito, especialmente quanto aos limites de velocidade e às ultrapassagens em locais proibidos;
• que não se iniciem ou prossigam a viagem cansados ou com sono;
• utilização dos faróis baixos acesos também durante o dia nas rodovias, prática que promove maior visibilidade aos veículos;
• utilização do cinto de segurança em todos os assentos do veículo;
• correta acomodação das bagagens;
• atenção especial às regras e equipamentos exigidos pela legislação para o transporte de crianças em veículos automotores.