Rodoviária apreende mais de 92 quilos de maconha prensada

Na tarde desta quinta-feira (17), a Polícia Militar Rodoviária de Botucatu com o subtenente Morgato e soldados De Paula e Rubens, fez a apreensão de mais de 92 quilos de maconha embalados em 109 tabletes, de diferentes tamanhos. A droga estava no interior de um veículo Ford Versalhes, placas HQJ-4012, de Campo Grande, Estado do Mato Grosso do Sul.

Os policiais abordaram o veículo na Base Rodoviária de Botucatu, instalada no km 254, da SP-300 Rodovia Marechal Rondon para uma averiguação de rotina e questionaram o motorista Paulo Roberto Vitorino Nimbú, de 31 anos de idade, que aparentou nervosismo com a abordagem policial, levantando suspeitas.

Após insistência dos patrulheiros rodoviários Nimbú acabou confessando que estava carregando, aproximadamente, 100 quilos de maconha prensada em tabletes e vinha de Mato Grosso para entregar a “mercadoria” em São Paulo. Reconheceu que já fez este tipo de “serviço” em outras ocasiões. Porém, não revelou de quem pegou em Mato Grosso e para quem iria entregar em São Paulo.

A droga estava acondicionada em uma caixa selada de aço confeccionada no porta-malas e abaixo do assoalho do Versalhes que foi rebaixado, para colocar o entorpecente prensado e deu duas versões para as modificações no carro. Primeiro disse que ele mesmo havia feito a caixa e rebaixado o assoalho. Depois garantiu que o carro foi preparado para carregar entorpecente na Cidade de Bela Vista.

Paulo Nimbú, assim como toda a droga aprendida na Base Rodoviária, foram encaminhados ? Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, onde o delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho, confeccionou o Boletim de Ocorrência (BO) determinando o recolhimento do indiciado ? Cadeia Pública de Botucatu. A droga foi conduzida ao Instituto de Criminalística (IC), para ser pesada e periciada, depois foi guardada em um local seguro pela Polícia Civil. Nos próximos dias a maconha deverá ser incinerada no forno da Unesp, com autorização judicial.

Fotos: Valéria Cuter