Regimento da Cavalaria inspeciona local para Tropa Montada

Na manhã desta terça-feira o capitão Gasparian, o tenente veterinário Ricardo e o aspirante Alonso, que pertencem ao Regimento de Cavalaria Nove de Julho, de São Paulo, estiveram em Botucatu para fazer uma vistoria e conhecer o local onde seria instalada a Tropa Montada de Botucatu. Eles foram acompanhados pelo major Marcelo Oliveira, coordenador operacional do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPMI).

Puderam conhecer as estruturas que foram oferecidas pela Unesp, em Rubião Júnior, em área da Faculdade de Medicina de Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Posteriormente, a sede da Tropa Montada será na Fazenda Lageado, onde também está previsto a construção de um hospital veterinário para animais silvestres e o canil. “Nós estivemos acompanhando os oficiais e aspirante da cavalaria e eles gostaram das estruturas que podemos oferecer”, observou o major Marcelo.

Segundo o oficial da PM, a expectativa do comando do 12º Batalhão é instalar a cavalaria o mais rápido possível. “Já temos nove policiais de Botucatu fazendo estágio na cavalaria de São Paulo. Em breve tempo eles estarão aptos para atuar.
Será mais um reforço importante que teremos para o combater a criminalidade”, observou o oficial da PM, lembrando que o curso tem duração de cerca de dois meses. No total, o município deverá contar com 12 cavalarianos para atuar no patrulhamento da área central, bairros periféricos e também em eventos. Para o canil serão disponibilizados seis homens, sendo que dois já estão estagiando.

A cavalaria para Botucatu foi discutida numa audiência realizada no dia 14 de dezembro do ano passado, entre o prefeito João Cury Neto e o comandante geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, coronel Álvaro Batista Camilo. Além da cavalaria foi aventada a possibilidade da instalação de um canil.

Os pleitos foram apresentados, por meio do ofício 684/2010 e o comandante geral despachou o processo com parecer favorável ao atendimento, pedindo que o comando da PM de Botucatu também se manifestasse. “Nós fizemos isso, pois consideramos a instalação, tanto da cavalaria quanto do canil, de fundamental importância para melhoria da prestação de serviços que oferecemos ? comunidade. Com isso, Botucatu contará com praticamente todos os programas que a PM dispõe e vai se tornar uma referência”, enfatizou o major Marcelo.

O prefeito revelou que todas as tratativas evoluíram. “Nas instâncias técnicas o nosso pedido foi aprovado. A criação de tais unidades contribuirá para elevar ainda mais o excelente serviço que já vem sendo prestado pela Polícia Militar em nossa cidade”, elogiou o prefeito.

Foto: Macaru