Rapaz que atirou contra o próprio pai se entrega à polícia

Paulo da Silva Ferreira, de 19 anos de idade, procurou a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) para assumir a culpabilidade de um homicídio tentado cometido no último final de semana passada contra seu próprio pai seu pai, Paulo Ferreira Junior, de 39 anos de idade. O crime aconteceu na Vila dos Pescadores, na Rua Marcelo Zacarias, região do Porto Said, zona rural da Cidade. Estiveram no local, os policiais militares cabo Tavares e soldado Modesto.

Ferreira Filho confirmou tudo o que foi descrito no Boletim de Ocorrência (BO), assinado pelo delegado Geraldo Franco Pires. Ele discutiu com o pai em razão do mesmo ser violento e ter agredido sua mãe por várias vezes. No dia dos fatos, após nova discussão apanhou uma espingarda calibre 28 e deu um tiro contra o peito do pai.

O agressor fugiu e suas características foram passadas à polícia de toda região. Ele permaneceu escondido aguardando o momento que entendeu ser propício para se entregar acompanhado de seu advogado. O indivíduo baleado foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) até o Pronto Socorro do Hospital das Clínicas (HC) de Rubião Júnior, permanecendo internado.

Depois de confessar o crime o indiciado levou os policiais civis até às margens do Rio Tietê, no Porto Said onde teria se livrado da arma. Embora a equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros tivesse trabalhado no local indicado a espingarda não foi localizada. Ferreira Júnior irá responder o processo em liberdade.