Rapaz preso por furto tenta subornar PM com R$ 500,00

Fotos: Valéria Cuter

Trabalho preventivo da Força Tática da Polícia Militar (PM) de Botucatu com o sargento Tocchio e soldados Wilson e Gonzaga, tirou de circulação um cidadão de nome Aleandro Alves, de 33 anos, apontado como autor de furtos em lojas comerciais na região central da Cidade.

Os policiais estavam em patrulhamento quando avistaram Aleandro caminhando pela via pública carregando uma lixadeira. Ao ser questionado sobre o objeto revelou que havia subtraído de uma casa de materiais instalada na Avenida Sant`Anna. Também encontrado em suas vestes a quantia de R$ 500,00 em dinheiro. Ao receber voz de prisão Aleandro teria tentado subornar os policiais oferecendo os R$ 500,00 que estavam em seu poder.

Encaminhado a 1ª Central de Polícia Judiciária, o indiciado foi apresentado ao delegado Marcelo Lanhoso de Lima que o enquadrou em crime de flagrante de furto. “Esse cidadão é apontado como autor de outros furtos em lojas comerciais da Cidade e com sua prisão os casos poderão ser esclarecidos”, colocou o policial Wilson.

Aleandro que já tem uma condenação de dois anos por furto, reconheceu que havia subtraído a lixadeira da loja de materiais, mas não quis assumir outros crimes semelhantes ou a tentativa de suborno. “Moro em Anhumas e vim para Botucatu comprar a lixadeira para trabalhar, mas tomei muita pinga e acabei fazendo besteira (furto). Agora vou ter que pagar por isso”, disse o indiciado.