Rapaz é preso com mais de meio quilo de pasta de cocaína

Uma operação conjunta realizada pelos agentes Trombaco, Adeilson e Pichinin, do Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), da Guarda Civil Municipal (GCM), juntamente com a Polícia Militar (PM) e os investigadores da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), culminou com a prisão de um homem de 26 anos de idade, que recebeu voz de prisão por tráfico de entorpecentes.

Os agentes do GAPE haviam recebido a informação de que o indiciado estava traficando naquela região e era apontado como uma espécie de “gerente” do tráfico. “Como era necessário um mandado judicial de busca e apreensão para entrar na casa, solicitamos o apoio da DIG e PM e num trabalho conjunto efetuamos a prisão”, comentou o agente Trombaco.

No quarto os policiais localizaram uma balança de precisão, três aparelhos de telefones celulares, 13 cartuchos intactos para espingarda calibre 12 e 541 gramas de pasta base de cocaína prensada. Segundo a polícia essa droga ainda seria “batizada” com a adição de outros ingredientes para triplicar o peso aumentando para um quilo e meio de crack, para ser fragmentado, embalado e vendido a usuários.

O homem foi levado à Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) e assistido pela sua advogada prestou depoimento ao delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho, sendo enquadrado em crime de tráfico de entorpecentes e porte ilegal de arma e recolhido Cadeia Pública local, onde permaneceu à disposição da Justiça.