Rapaz agride o pai e ateia fogo no carro da família

Uma desavença entre pai e filho registrada pelos policiais militares Barbosa e Sidnei na Rua Sebastião Gonçalves da Cunha, região do Jardim Brasil, resultou num incêndio que, por muito pouco, não se constitui em uma tragédia.

Tudo começou por causa de uma desavença familiar entre Célio Roberto de Oliveira Barbosa, de 28 anos de idade e seu pai de nome José. A discussão ficou acalorada e Célio agrediu o pai com socos e pontapés e foi para rua, onde ateou fogo em um veículo VW Fusca da família, que estava estacionado em frente da casa.

Antes de atear fogo Célio, que seria usuário de drogas, desengatou o carro que desceu em chamas por vários metros na rua, colocando moradores locais em risco, O Corpo de Bombeiros compareceu ao local e apagou o fogo, mas não conseguiu evitar que o carro fosse destruído. Célio não foi preso e o inquérito policial será aberto pela 2ª Central de Polícia Judiciária.