Rapaz acusado de furtar moto é detido pela GEPOM

Um trabalho conjunto realizado entre o Grupo Especial de Patrulhamento Ostensivo com Motocicleta (GEPOM) e Grupo de Ações Preventivas Especiais (GAPE), da Guarda Civil Municipal (GCM) resultou na prisão de um elemento de nome João H.C. , de 30 anos de idade.

Apuraram os agentes que esse cidadão havia apanhado uma motocicleta que pertence a uma distribuidora de bebidas no Bairro do Tanquinho há uma semana e havia desaparecido com o veículo. Através de informações colhidas com testemunhas, o rapaz foi detido no final da tarde desta segunda-feira (19) na Rua Afonso Fernandes Martins, na Vila Maria. Ao ser questionado sobre a motocicleta alegou que havia emprestado a um amigo.

Enquanto João estava prestando depoimento ao delegado Celso Olindo na Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a Polícia Militar (PM) localizou a motocicleta que foi deixada em frente a casa onde o acusado havia sido preso pela GCM minutos antes. “Tinha autorização para levar a moto para minha casa, mas desta vez fiquei tempo demais com ela e não voltei a trabalhar. Por isso deu esse rolo todo”, comentou João, que após o depoimento foi liberado.

Usuário de crack, João diz que está lutando para deixar o vício. “Já tentei me internar, mas ninguém quer abrir as portas. Sei que é preciso que eu tenha força de vontade, mas se estiver internado a possibilidade de largar o vício é muito maior. Na rua a gente sempre acaba arrumando uma maneira para fumar”, frisou João. “Agora só quero arrumar um lugar que me deixe longe do crack”, complementou.

Fotos: Valéria Cuter