Quadrilha é presa com 43 celulares furtados em Botucatu

Uma operação da Polícia Militar Rodoviária de Botucatu deflagrada na madrugada desta quarta-feira no km 191 da SP-280 Rodovia Presidente Castello Branco, pista Leste, Município de Pardinho, resultou na prisão em flagrante de três homens e uma mulher, acusados por furtar pelo menos 43 telefones celulares de marcas e modelos diversos, na Praça da Catedral, durante as festividades de aniversários da Cidade.

A quadrilha agia da seguinte forma: mirava uma pessoa que estava com o telefone celular à mostra e a seguia para, na primeira oportunidade, subtrair o aparelho misturando-se em meio à multidão.  A ação audaciosa dos marginais resultou no furto de dezenas de telefones celulares que foram recuperados.

Para chegar a esta quadrilha a polícia contou com a colaboração de uma das vítimas que tinha um aparelho munido de rastreador. Os policiais seguiram o rastro e detectaram que o celular estava no Posto Rodo Star. Os patrulheiros cabo Ademir e soldado Scarmanhã, foram até o local e localizaram os quatro integrantes da quadrilha que receberam voz de prisão em flagrante. Com eles, além dos celulares, havia R$ 1.086,00, em dinheiro.

Ocorrência  foi apresentada no Plantão Permanente de Botucatu onde o delegado Nelson Burin Neto elaborou  o auto de prisão em flagrante, assim como o auto de exibição e apreensão  dos celulares e dinheiro. Não foi estipulado fiança para os indivíduos e todos permaneceram à disposição da Polícia Judiciária. A mulher foi recolhida à Cadeia de Porangaba e os homossexuais em Itatinga.

Agora a Polícia Civil pede para quem teve o celular furtado durante as festividades na Praça da Catedral que procure a 1ª  Central de Polícia Judiciária, instalada na Rua João Passos, no Bairro do Lavapés, para fazer o reconhecimento e a retirada do aparelho.