Procurado por roubo de celulares acaba preso com cocaína

Fotos: Valéria Cuter

Foi durante uma operação realizada pelos policiais especializados Afonso Jofre, Caio e Virgílio, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) para cumprir um mandado de busca e apreensão, que Juliano Batista de 24 anos de idade, acabou sendo preso em flagrante na Rua José Bonifácio, região do Parque Imperial.

Esse cidadão já estava com a prisão decretada por ter sido apontado como autor de dois furtos e um roubo de telefones celulares, praticados contra transeuntes. Quando a casa foi invadida, Batista estava dormindo em seu quarto e acordou com a voz de prisão dada pelos policiais civis. Na revista pelo imóvel os policiais localizaram um saquinho plástico contendo 07 porções de cocaína.

Inicialmente, o indiciado foi conduzido ? DIG para prestar depoimento sobre os furtos e roubo. Em seguida levado ? Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, onde acabou indiciado em crime de tráfico de entorpecentes pelo delegado Carlos Antônio Improta Julião Filho.

Batista alegou que iria comercializar os telefones celulares que estavam com ele, mas a droga encontrada em seu quarto era para seu próprio consumo. “Comprei o “baguio” de uma cara que não sei o nome, não para vender, mas para usar. Se fosse traficante tinha mais droga lá (no quarto). Eu posso cheirar, mas não vender”, disse.