Procurado da Justiça é preso após desinteligência em posto

Foto: Valéria Cuter

Descreve o Boletim de Ocorrência (BO) elaborado pelo delegado Marcelo Lanhoso de Lima, na 1ª Central de Polícia Judiciária de Botucatu que depois de causar transtornos, agredir e ameaçar pessoas em um posto de gasolina na Avenida Floriano Peixoto, um cidadão chamado Vanderson Luiz de Oliveira, de 36 anos de idade, foi preso pelos policiais militares Fátima e Ramalho.

O indiciado teria entrado nesse posto e depois de discutir com o gerente apanhou uma ferramenta agrícola (pá) e tentou agredir seus oponentes, porém foi dominado e foi embora. Entretanto, minutos depois Oliveira retornou ao posto, desta feita armado com uma garrafa de vidro quebrada fazendo ameaças e, mais uma vez, foi dominado.

A PM foi acionada e mediante as características físicas transmitidas pelas partes envolvidas, realizou patrulhamento pelos arredores, localizando o acusado que acabou conduzido ? delegacia. Ao fazer o levantamento da ficha criminal desse cidadão, a polícia detectou que estava sendo procurado pela Justiça com a prisão decretada (Internação em Casa de Custódia/Medida de Segurança – Processo 67956/000, da 2º Vara Criminal Botucatu) e foi recolhido ? Cadeia Pública local.