Presidente do Conseg elogia uso de drone em Botucatu

O presidente do Conselho Comunitário e Segurança (Conseg) e também piloto de avião, Clóvis de Almeida Martins, esteve reunido com o secretário municipal de Segurança Pública e Direitos Humanos, delegado Adjair de Campos (foto). Na pauta a utilização do drone como instrumento para operações especiais contra a criminalidade a ser implantado, ainda nesse primeiro semestre, provavelmente em abril.

Esse aparelho de alta tecnologia é um veículo aéreo não tripulado e direcionado por controle remoto que não necessita de piloto embarcado e pode ser utilizado em resgates, áreas de desastres (alagamento, desmoronamento, desabamento, incêndio, construções interditadas, etc), transmitindo imagens/vídeos em tempo real, contribuindo assim com as equipes de resgates, além de monitorar pessoas e evitar ataques e casos de vandalismo.

“Acredito que o dispositivo aéreo será de grande importância para a cidade e Botucatu que já considerada um das cidades do Estado com o menor índice de criminalidade vai aperfeiçoar ainda mais as operações especiais, já que esse dispositivo pode ser usado em locais de difícil acesso”, elogia Clóvis Martins.

De acordo com Adjair de Campos serão capacitados alguns agentes para que aprendam a manusear esse aparelho. “Será mais um importante instrumento para operações na área de segurança não só da Guarda Municipal como também das polícias Civil e Militar”, explica Campos. “Hoje o drone já é muito usado nessas operações e Botucatu quer buscar essa tecnologia para dar mais segurança aos munícipes”, complementa o secretário.