Praça da Vila Aparecida é alvo de atos de vandalismo

Fotos: Valéria Cuter

 

“Só mesmo quem mora aqui  sabe o que acontece aos finais de semana, com pessoas fazendo atos de vandalismo, baderna, tomando bebida alcoólica e usando droga. É só vir aqui as segundas-feiras para ver o estado em que a praça fica. É vergonhoso tudo isso acontecer e ninguém tomar atitude”.

Foi assim que se manifestou um grupo de moradores defronte  a Praça da Vila Aparecida, ao lado da Casa dos Meninos, inconformados com a presença de estranhos no local e as muitas infrações que são cometidas, entre elas depredação do patrimônio público, perturbação do sossego, desordem, algazarra,  consumo de bebidas alcoólicas e entorpecentes. A situação, segundo os moradores, já dura há vários meses.

O comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Sérgio Bavia, revelou que o policiamento preventivo/ostensivo no local vem sendo feito, mas como a situação está se agravando ele vai determinar,  através do Programa de Patrulhamento Orientado ao Patrimônio Municipal (PPOP) lançado em 2013,  a intensificação do policiamento comunitário naquela praça para atender aos moradores.

“O trabalho com a Unidade Móvel de Segurança Comunitária (UMSC) será feito no local devido a grande quantidade de denúncias envolvendo o consumo de entorpecentes nas imediações da praça, bem como algazarras e outras situações que atrapalham a tranquilidade dos vizinhos ou freqüentadores da praça”,  salientou Bavia.