Policial que sofreu acidente recebe apoio das redes sociais

O policial militar de Botucatu Rafael Panhoça que no dia 3 de janeiro (sexta-feira) sofreu um grave acidente na região da Cidade de Espírito Santo do Turvo tendo como consequência várias fraturas no corpo, sendo necessário ser submetido a uma intervenção cirúrgica e está se recuperando, ficou surpreendido com as declarações de apoio feitas através das redes sociais. Ele estava ao lado da sargento Márcia Lázaro que está internada na Unidade de Terapia Intensiva, no Hospital das Clínicas de Botucatu.

“Depois que tive condições de voltar a usar o computador percebi quanta gente foi solidária para comigo. Além da minha família e dos meus amigos, muitas pessoas que nem fazem parte do meu círculo de amizades prestou solidariedade. Muito obrigado por esse carinho. Estou muito feliz com essa receptividade, mas entristecido em razão da sargento Márcia, minha parceira e comandante da operação daquele dia não poder estar comigo. Mas estou rezando para que ela se restabeleça o mais rápido possível e volte a conviver conosco. Ela é uma pessoa especial”, colocou Panhoça. O estado clínico da sargento Márcia permanece estável, mas ainda inspira cuidados.

{n}{tam:25px}Relembrando o fato{/tam}{/n}

Os policiais faziam a escolta de um preso para Bauru e se envolveram no acidente no município da Cidade de Espírito Santo do Turvo, no km 29 da SP-225 – Rodovia Engenheiro João Batista Cabral Rennó, que liga Santa Cruz do Rio Pardo a Bauru. Panhoça sofreu várias fraturas no corpo, passou por uma intervenção cirúrgica, mas não corre risco de vida.

Já a sargento Márcia que comandava a operação de escolta, com a pancada teve um trauma que está sendo controlado através de medicação. No dia de hoje (06/01), a equipe médica diminuirá a sedação após completar as 72 horas de observação e talvez ela saia do coma induzido. As demais vítimas desse acidente, ou seja, o condutor do Fox e o preso que estava sendo escoltado sofreram ferimentos leves e foram medicados.

De acordo com o que foi apurado no local a viatura da PM de Botucatu seguia para a cidade de Bauru, quando próximo ? entrada do sitio São João do Turvo, um veículo Fox saiu de uma estrada rural e cortou a frente da viatura. Sem ter como evitar o acidente, o condutor do Corsa da PM (Panhoça) acabou colidindo contra a parte frontal do Fox. A viatura ainda rodopiou e parou fora da pista ficando, totalmente, destruída.

Outros motoristas que presenciaram o acidente acionaram a PM de Espírito Santo do Turvo, que entrou em contato com o Serviço Médico de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Rio Pardo. Antes da chegada dos socorristas, os motoristas que faziam uso da rodovia pararam para prestar socorro e perceberam um foco de incêndio no motor da viatura. Como os policiais estavam presos nas ferragens eles usaram extintores e conseguiram evitar uma possível explosão.

Com a chegada do Corpo de Bombeiros os dois policiais foram socorridos em estado grave, retirados das ferragens e encaminhados ? Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo. Em razão da gravidade dos ferimentos a sargento Márcia foi estabilizada e transferida para a UTI do Hospital das Clinicas de Botucatu. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Espírito Santo do Turvo e ainda não foi divulgado o laudo da Polícia Técnica Científica sobre as causas que originaram o acidente.

{bimg:{/tam}{/n}:alt=interna:bimg}