Policiais de Botucatu sofrem grave acidente

Fotos: Lucas Pereira

Uma fatalidade registrada nesta sexta-feira (3) gerou grande comoção entre os policiais militares que fazem parte do 12º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM-I), de Botucatu, em razão de um acidente envolvendo a sargento Márcia Lázaro, de 45 anos e o soldado e soldado Rafael Panhoça, de 31 anos, que estavam fazendo a escolta de um preso para Bauru. O acidente aconteceu no km 29 da SP-225 – Rodovia Engenheiro Cabral Batista Rennó, que liga Santa Cruz do Rio Pardo a Bauru.

De acordo com o que foi apurado no local a viatura da PM de Botucatu seguia para a cidade de Bauru, quando próximo ? entrada do sitio São João do Turvo, um veículo Fox saiu de uma estrada rural e cortou a frente da viatura. Sem ter como evitar o acidente, o condutor do Corsa da PM (Panhoça) acabou colidindo contra a parte frontal do Fox. A viatura ainda rodopiou e parou fora da pista ficando, totalmente, destruída.

Outros motoristas que presenciaram o acidente acionaram a PM de Espírito Santo do Turvo, que entrou em contato com o Serviço Médico de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Rio Pardo. Antes da chegada dos socorristas, os motoristas que faziam uso da rodovia pararam para prestar socorro e perceberam um foco de incêndio no motor da viatura. Como os policiais estavam presos nas ferragens eles usaram extintores e conseguiram evitar uma possível explosão.

Com a chegada do Corpo de Bombeiros os dois policiais foram socorridos em estado grave, retirados das ferragens e encaminhados ? Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo. Informações passadas pelo hospital revelam que Panhoça sofreu várias fraturas no corpo, passou por uma intervenção cirúrgica, mas não corre risco de vida.

Já a sargento Márcia que comandava a operação de escolta, teve afundamento de crânio e um corte profundo na região dos olhos e seu estado é muito grave, permanecendo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). As demais vítimas desse acidente, ou seja, o condutor do Fox e o preso que estava sendo escoltado sofreram ferimentos leves e foram medicados.

Em razão da gravidade dos ferimentos a sargento Márcia será estabilizada e transferida para Hospital das Clinicas de Botucatu. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia de Espírito Santo do Turvo e o laudo da Polícia Técnica Científica poderá esclarecer as causas que originaram o acidente.