Polícia Rodoviária prende quadrilha na Rondon

Um caso registrado como receptação, formação de quadrilha, porte de munição e fugitivo capturado foi atendido pela Polícia Militar Rodoviária na madrugada desta segunda-feira na SP-300 – Rodovia Marechal Rondon, altura do km 254, pista leste, município de Botucatu. O policiamento rodoviário de Botucatu é comandado pelo tenente Ricardo Maganha (foto).

Durante fiscalização em operação a ilícitos penais e combate ao narcotráfico, foi abordado o veículo GM/Meriva de cor: preta, município de São Paulo/SP de placas: DVI-2002, que era conduzido por Aspenazes Vieira de Freitas, 28, que levava três passageiros: Douglas Eduardo Neri da Paz, 38, Piter Vinicius de Andrade, 30 e Rafael da Silva Henrique, 27, sendo que os indivíduos estavam em atitudes suspeita. Todos são considerados de alta periculosidade

Após solicitação de documentos e busca pessoal nos indivíduos, foi constatado que o Rafael Henrique era fugitivo da Penitenciária de Bauru/SP e os outros três indivíduos eram egressos do sistema prisional. Ao fiscalizar o veículo e o CRLV, gerou suspeita de adulteração, que durante pesquisa constou que o veículo consultado estava com o licenciamento exercício 2009, porém no CRLv constava exercício 2010.

Então, foi efetuado busca mais aprofundada no referido veículo, onde foi constatado que as etiquetas autodestrutíveis (chassis) do veículo foram adulteradas, com exceção da etiqueta do compartimento do motor, que através da qual realizado consulta, constatou ser um veículo com queixa de roubo pelo município São Paulo/SP em data de 17/03/2010 cuja placa verdadeira do veículo é DUH-1656 de uma GM/Meriva, cor preta também do município de São Paulo. Ainda realizando busca no interior do veículo, foram localizadas oito munições de revólver calibre 38 intactos dentro de uma mochila de cor preta pertencente ao indiciado Piter Vinícius Ferreira Andrade, o qual confessou ser de sua propriedade.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão aos indivíduos e encaminhado os mesmos ao Plantão Permanente de Botucatu/SP, onde a Delegada Rose Mary Ribeiro Dias ratificou a voz de prisão em flagrante e elaborou o Boletim de Ocorrência (BO) por receptação dolosa, formação de quadrilha, fugitivo recapturado e porte ilegal de munição.

Os patrulheiros rodoviários ainda apreenderam em auto de exibição e apreensão o veículo, o CRLv, oito munições, três celulares das marcas Motorola, LG e Siemens, e a quantia de R$ 160,00 reais em espécie. Os indiciados foram recolhidos a Cadeia Pública de Botucatu, onde permanecem ? disposição da Justiça.