Polícia registra tentativa de homicídio contra homem de 40 anos

O delegado Lourenço Talamonte Neto (foto) está presidindo o inquérito policial para esclarecer a um caso de homicídio tentado, atendido neste domingo pelos policiais militares cabo Escorsi e soldado Correa. O crime ocorreu na Rua Janina Varosila, s/n, Bairro Baronesa, em Bofete, tendo como vítima um cidadão de nome Josinaldo de Lima Santos, de 40 anos de idade.

Segundo uma testemunha de nome Aurélio, um indivíduo de nome Thiago (Pedro da Cunha) com um facão na mão o procurou durante a madrugada por volta das 3 horas avisando que Josivaldo havia sido assassinado em sua residência. Porém, Aurélio não deu importância e voltou a dormir. Pouco mais de duas horas depois (5h30) o mesmo cidadão (Thiago) voltou a procurá-lo, sem o facão e com uma mochila nas costas dando o mesmo recado. Ele, então, resolveu averiguar e ao chegar a residência de Josivaldo percebeu, pela janela, que ele estava caído na sala se esvaindo em sangue.

Aurélio acionou a ambulância municipal e juntamente com o motorista arrombou a porta e Josivaldo foi conduzido ao Pronto Socorro da Unesp de Botucatu, onde foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em razão de perder muito sangue. Estava com ferimentos produzidos por golpes de facão na cabeça, face e antebraços direito e esquerdo.

Segundo a testemunha que se deslocou até a casa da vítima, o suposto autor das lesões (Thiago Pedro da Cunha) é pardo, magro, bigode fino, cabelos começando a ficar grisalhos, com um cisto no pescoço e curativo no abdome em razão de um tratamento que faz contra uma doença grave. Ele está sendo procurado pela Rede Policial da região.

O delegado responsável por Bofete, Lourenço Talamonte Neto, que também acumula o cargo de delegado assistente da Delegacia Seccional de Polícia de Botucatu que agrega 11 municípios da região, determinou prioridade para este caso. “Estamos trabalhando para localizar e prender o principal suspeito por este crime para que as causas sejam esclarecidas”, simplificou Talamonte Neto.

Foto: Jornal Acontece Botucatu