Polícia recupera caminhão e carretas após roubo; motorista continua desaparecido

Veja reportagem da TV Acontece:

 

A Polícia Militar Rodoviária recuperou na tarde desta quarta-feira, 27, na Rodovia Geraldo Pereira de Barros (SP 191), um caminhão Mercedes-Benz, bi trem que foi produto de Roubo. O veículo, placas de Iracemápolis –SP estava carregado com combustível.

O motorista, Davi Luiz Vaz continuava desaparecido até o fechamento desta matéria às 22 horas. Os Cabos Milanesi e André Luiz da Policia Rodoviária atenderam a ocorrência.

O veículo foi levado para base da Polícia Rodoviária no início da noite desta quarta-feira. Além de roubarem, os bandidos ainda destruíram o sistema de rastreamento no interior do veículo. Um profissional da empresa responsável por este serviço esteve no local.

“Após solicitação nos deslocamos até a Geraldo Pereira de Barros, próximo à Cutrale, onde achamos o caminhão. Ele estava com os documentos do motorista, mas não temos informações dele”, disse o Cabo Milanesi da Polícia Rodoviária ao Acontece Botucatu.

 

Carretas também foram encontradas

Por volta das 19 horas, as duas carretas que foram separadas do veículo também foram encontradas. Segundo a Polícia Militar, elas estavam abandonadas na estrada vicinal Carlos Dinucci, próximo à entrada da Usina São Manuel.

Não se sabe ainda onde o crime ocorreu, mas acredita-se que a abordagem dos criminosos tenha sido feita na região. A Polícia acredita que o motorista esteja em poder dos bandidos. “Pela experiência que temos nesse tipo de ocorrência, acreditamos que o motorista esteja em poder dos bandidos”, colocou o Cabo Milanesi. 

Outro caso em Pratânia

Na terça-feira, 26, um dia antes, outro roubo de caminhão foi registrado pela polícia militar de Pratânia. Segundo o boletim de ocorrência, um caminhoneiro foi rendido na Rodovia Castello Branco por 4 indivíduos, um deles armado com uma pistola. A vítima ficou em poder dos assaltantes por mais de 12 horas, com uma touca na cabeça. Os criminosos levaram o caminhão e abandoaram o motorista em um canavial na cidade de Pratânia. O caso será investigado.