Polícia realiza mais uma “Operação Pagamento” na cidade

Mais uma grande movimentação policial aconteceu em Botucatu nesta sexta-feira com a “Operação Pagamento” realizada nas principais entradas e saídas da cidade de Botucatu e em pontos centrais da cidade. A operação contou com homens da Polícia Militar, Civil a Guarda Civil Municipal, além de viaturas e motocicletas que foram espalhadas pela cidade. Não faltou o patrulhamento aéreo feito pelo helicóptero Águia da Policia Militar.

Sobre o helicóptero aconteceu uma coisa interessante. A aeronave pousou em frente da Catedral Metropolitana, atraindo a atenção da comunidade, principalmente crianças que se aglomeraram em frente ao aparelho para conhecer de perto o seu interior. O Águia 18 PR-STE, tinha no comando o major Tardelli, que estava acompanhado do capitão Gomes, sargento Pulce e soldado Eric, todos da PM de Sorocaba. O helicóptero auxiliou o trabalho sobrevoando diferentes regiões da cidade.

Esta foi mais uma ação policial preventiva das polícias feita no quinto dia útil do mês onde muitas pessoas recebem seus pagamentos e o fluxo bancário é acentuado. Também fez parte da operação coibir a criminalidade com a apreensão de armas, drogas, pessoas procuradas pela Justiça, cumprir mandados judiciais de busca e apreensão, assim como vistoria na documentação de veículos e condutores.

Antônio Soares da Costa Neto, delegado seccional de polícia, entende que além do combate ao crime, objetivo da operação é mostrar o trabalho sincronizado entre as polícias, para dar maior segurança ? população. “Muito importante este tipo de operação conjunta. É o policiamento preventivo e investigativo trabalhando juntos para o bem comum”, comentou o seccional.

Delegado Adjair de Campos, Secretário Municipal de Segurança Pública, diz que a polícia já vem trabalhando juntas em várias operações que são deflagradas na cidade. “No dia a dia a gente procura trabalhar juntos. Este tipo de operação tem a finalidade de mostrar para a população exatamente esta união de forças e o sincronismo entre os profissionais que fazem a Segurança Pública da cidade”, observou o secretário.

Nessa mesma linha o comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Botucatu tenente coronel José Aparecido Godoy Siqueira enfatizou que a presença da polícia nas ruas inibe a ação dos marginais e é importante que este tipo de operação conjunta aconteça.

“Realizamos, regularmente, operações surpresas para coibir crimes como o tráfico de entorpecentes e exploração sexual de adolescentes, além de um trabalho direcionado para captura de pessoas procuradas pela Justiça. Nosso relacionamento com a Polícia Civil e a Guarda Civil é estreito e por isso operações conjuntas são realizadas com frequência”, ressaltou.

Fotos: Valéria Cuter