Polícia prende quadrilha que assaltou Lotérica em Bofete

Uma quadrilha de assaltantes de bancos foi desmantelada na tarde desta sexta-feira (05/11) em um trabalho realizado pela Polícia Militar de Botucatu com apoio da Polícia Civil, após um assalto cometido contra uma Lotérica na Praça da Matriz, nº 62, região central de Bofete. Armados de revólveres eles invadiram o estabelecimento comercial, renderam as pessoas quem estavam em seu interior e roubaram a quantia de R$ 15.236,00, em dinheiro.

Toda a ação criminosa dos marginais foi gravada pelo circuito interno da loja. Veja as imagens do exato momento em que o assalto era cometido, assim como a prisão dos envolvidos nesse crime.

Foram presos: Thiago Luiz Pinto (Hortolândia), 22; Bruno Viana Ricci (Campinas), 21; Marcelo Henrique de Brito (Hortolândia), 25, Patrícia Renato Brito (Campinas), 35 e uma adolescente de 15 anos de idade (Hortolândia).

A ocorrência teve início quando os policiais militares cabo Ronaldo e soldado Corrêa, faziam o patrulhamento preventivo pelo centro da cidade quando estranharam a porta da Lotérica estar parcialmente abaixada.

Ao averiguar, os PMs perceberam que dois indivíduos saíram correndo ao avistar a guarnição, entraram em um depósito e um dos marginais sacou de uma arma atirando contra os policiais, momento em que o cabo Ronaldo efetuou três disparos, revidando. O reforço policial veio com o subtenente Alailson e soldado Danilo.

Apesar do cerco policial os marginais conseguiram chegar até um veículo VW, modelo Fox, placas DWJ-5850, de Campinas, e fugiram pela rodovia vicinal SP-147 Lázaro Cordeiro de Campos chegando até a Rodovia Marechal Rondon, sentido São Paulo.

Ocorre que esse Fox com a quadrilha acabou cruzando com uma viatura policial do capitão Alecssander e o soldado Roger que trafegavam pela mesma rodovia em sentido oposto. Como o roubo com a descrição do carro havia sido comunicado a toda rede policial da região, o capitão acionou a equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) que interceptou o Fox quando este passava em frente ? base operacional rodoviária de Tatuí.

No carro os policiais recuperaram todo montante do dinheiro roubado da Lotérica, assim como fizeram a apreensão da arma utilizada no crime. Os marginais foram apresentados na delegacia de Bofete, onde delegado Lourenço Talamonte Neto fez a confecção do Boletim de Ocorrência (BO), determinando o recolhimento dos envolvidos ? cadeia, que agora se encontram ? disposição da Justiça.

{n}Nota da redação

Na ocasião da divulgação do nome das pessoas envolvidas nesse assalto em Bofete, foi citado os nomes dos envolvidos e entre eles o de Raimundo José Ribeiro, o que não corresponde ? realidade. Na verdade, o senhor Raimundo Ribeiro foi a vítima dos marginais e pediu que fosse feita a retificação.{/n}