Polícia prende homem que tentou fugir de banco com R$ 5 mil nos bolsos

O Policial Militar Ailton Aparecido Rodrigues da Silva, ou Cabo Rodrigues, prendeu nesta segunda feira, 04, um homem suspeito de estelionato e falsidade ideológica. O caso ocorreu em uma agência bancária no centro de Botucatu.

O policial, que estava à paisana, conta que Enoque Camilo dos Santos, portava documentos e cartão do banco falsos. Ele tentou fugir com R$ 5 mil em notas após um saque na boca do caixa.

“Eu estava na fila do banco para ser atendido, quando escutei um funcionário pedir que segurassem um homem que saiu correndo. Como não deu tempo para o segurança travar a porta do banco, o suspeito saiu correndo. Eu deixei minhas coisas de lado e fui atrás dele, conseguindo alcançá-lo quase um quilômetro depois. Em revista, constatei que o mesmo tinha R$ 5 mil nos bolsos. Pedi reforço, levamos ele de volta ao banco, onde o mesmo foi reconhecido pelo gerente. Então o levamos para a Polícia Civil onde foi efetuado o flagrante” disse Cabo Rodrigues.

Na 1ª Central de Polícia o suspeito foi interrogado pelos delegados Marcelo Lanhoso de Lima e Marcos Sagin. Além do saque, o suspeito tentou efetuar uma transferência para uma outra conta.

“Ele portava uma CNH falsa com outro nome e um cartão falso do banco. Ele solicitou um saque de R$ 5 mil e tentou uma transferência de R$ 17 mil para uma outra conta do Banco do Brasil. Quando o caixa se virou para consultar os documentos, ele pegou o monte de notas que estava no balcão e saiu correndo. Aqui na 1ª Central ele não conseguia revelar todos os dados da CNH que apresentou ao banco. Concluímos que ele não era a pessoa do documento, ou seja, documento falso, sendo que o cartão é clonado de uma conta que já existe. O valor (R$ 5 mil) foi recuperado e a transferência não foi feita. Estamos agora averiguando para quem iria essa transferência. Pode ser uma vítima ou algum membro de uma quadrilha envolvida.

O indivíduo, que é da cidade de Monte Mor (SP), será indiciado pelos crimes de estelionato e documento falso. Ele foi conduzido à Cadeia de Itatinga, e, posteriormente será levado até o CDP de Cerqueira César.

 

 

Quadrilha com apoio local

Para o delegado Marcelo Lanhoso, o suspeito não agiu sozinho, sendo membro de uma quadrilha que recebe apoio em Botucatu. “Com toda certeza um cidadão desse não estava sozinho na cidade. Ele não é daqui e não achamos nenhum carro. Obviamente que uma pessoa não viria de longe a pé para sacar essa quantia, ou seja, tem alguém para dar suporte, tanto que advogados já apareceram. Com certeza tinha mais gente, e fugiram com a movimentação polícia” relatou Dr. Lanhoso.  

Nos últimos meses o número de ocorrências com cartões ou contas utilizadas de forma indevida aumentou significativamente. Segundo a Polícia Civil várias quadrilhas podem estar atuando em Botucatu nesse crime.  

Júnior Quinteiro

 

 

 

Assista a reportagem da TV Acontece: